Segunda-feira, 1 de Março de 2010

Oscarwatch 2009 - As categorias sonoras

Desde que fez a sua entrada de rompante no mundo do cinema a final dos anos 20, o som tornou-se elemento fulcral de qualquer obra cinematográfica. Seja o ruído de explosões, a força do silência ou a melodia de músicas que ficam no ouvido, um filme sem ritmo sonoro deixa de ter interesse. Apesar disso as quatro categorias sonoras premiadas pela Academia de Hollywood são ainda um imenso mistério e acabam muitas vezes por recompensar projectos apenas pela sua popularidade.

 

BANDA SONORA

 

Durante anos o cinema de animação ameaçou arrecador o Óscar de Melhor Banda Sonora. 2010 parece finalmente ser o ano em que a Pixar logra a sua segunda estatueta da noite. A vitória da trilha musical de Up, da autoria de Michael Giacchino, parece indiscutível. O filme foi acumulando vários prémios ao longo do ano e representa a valoração de um trabalho de anos dentro de um meio pouco apreciado dentro da indústria.

 

Entre os rivais directos da divertida animação estão os trabalhos de The Hurt Locker e Avatar. O primeiro foi uma nomeação surpresa mas a popularidade do filme pode transformar uma ausência certa em vitória absoluta. Resta saber se a popularidade do filme chega a esse nível. Quanto a Avatar, tem uma bela banda sonora que se adapta ao ritmo épico do filme e é também um dos filmes mais populares do ano. E aqui não são os técnicos que votam, são todos. E James Horner, autor da banda sonora de Avatar, é bastante popular.

 

Quanto a Fantastic Mr Fox e Sherlock Holmes, dois filmes com trabalhos sonoros excelentes, a nomeação parece ser já uma vitória face à concorrência que foi ficando para trás. O trabalho de Alexander Desplat e Hans Zimmer é altamente apreciado e a verdade é que ambos já venceram nesta categoria. Mas apenas por uma vez, o que acaba por ser pouco usual em artistas de tal gabarito numa categoria que pertence quase sempre aos suspeitos do costume.

 

E o Óscar vai para...Up

E o Óscar devia ir para...Up

E a surpresa é...The Hurt Locker

 

TEMA

 

É sempre complicado antever uma categoria que, de ano para ano, vai tendo cada vez mais restrições. Durante muito tempo qualquer música valia, desde que estivesse num filme. Depois passou-se a valorizar as musicas originais criadas exclusivamente para um projecto. E hoje as limitações são cada vez maiores. E a concorrência menos interessante.

 

Já é oficial que a Academia dispensa que as músicas sejam tocadas no Kodak Theater depois de várias polémicas acumuladas nos últimos anos. E provavelmente tem razão. O favorito e provável vencedor, The Weary Kind, musica do filme Crazy Heart, dificilmente iria mexer com a audiência. Tal como a dupla de apostas de The Princess and the Frog, onde se inclui a bela Almost There, cantada pela jovem Anika Noni Rose, ou a versão francesa de Loin de Panama, do divertido Paris 36.

 

São cinco músicas muito similares na estrutura mas o favoritismo da música de T. Bone Burnett parece indiscutivel. Nem Marion Cottillard e o seu Take it All nem a dupla do filme Disney parece ter força suficiente para a ultrapassar. Mas aqui, realmente, tudo pode sempre acontecer.

 

E o Óscar vai para...The Weary Kind - Crazy Heart

E o Óscar devia ir para...Almost There - The Princess and the Frog

E a surpresa é...Take it All - Nine

 

EDIÇÃO SONORA

 

Da mesma forma que a edição de imagem é a categoria técnica chave na corrida a Melhor Filme, também o prémio de Edição Sonora é fulcral no pequeno grande mundo das categorias sonoras. A forma como o jogo se conjuga à medida que o filme se desenrola e como as variações entre efeitos sonoros, temas e banda sonora se misturam é fulcral. E aí entra este apreciado prémio.

 

Entre os candidatos estão os três grandes favoritos. É inevitável. Foram, tecnicamente, filmes bem conseguidos e chega a hora de escolher o melhor. E a escolha será complicada. É dificil decidir entre o brilhante trabalho sonoro de The Hurt Locker e o sentido épico de Avatar, que utiliza o som tal como a imagem para encandilar o espectador. No meio dessa corrida há Inglorious Basterds, projecto do agrado dos actores mas que ganhou respeito por parte do sector técnico a ponto de lograr oito nomeações. 

 

O Óscar irá provavelmente para o trabalho técnico soberbo de Avatar mas seria justo premiar também The Hurt Locker e o seu sublime trabalho de edição. A popularidade de um e outro será determinante. Na corrida está igualmente Up. O cinema de animação tem conseguido dizer presente nos últimos anos e pode chegar uma estatueta, mais tarde ou mais cedo. E  popularidade de Up é indiscutível.

 

Entre os outros nomeados Inglorious Basterds é um sério rival mas tem perdido impacto junto do grande público enquanto que Star Trek vive obscurecido pelo inumero grupo de admiradores do mundo de Pandora. 

 

E o Óscar vai para...Avatar

E o Óscar devia ir para...The Hurt Locker

E a surpresa é...Up

 

 

EFEITOS SONOROS

 

O som de uma bala a raspar o ouvido. De uma explosão ouvida a kilómetros. Ou de um simples grito de terror. Os efeitos sonoros são invisiveis mas estão aí. E podem fazer toda a diferença do mundo.

 

Tal como em Efeitos Visuais, também aqui Avatar dá um passo em frente. Um filme repleto de ritmo e emoção que utiliza o som de forma sublime. Tal como The Hurt Locker que prefere uma abordagem mais realista mas igualmente petrificante. São dois trabalhos bastante distintos mas de grande nível. A escolha penderá para o épico mas uma vitória do minimalista filme bélico não seria uma grande surpresa.

 

Entre os restantes candidatos à estatueta dourada estão de novo Inglorious Basterds e Star Trek, dois filmes tecnicamente exemplares, e ainda Transformers. São candidatos sólidos entre os técnicos mais especializados mas que provavelmente perderão com o grande nucleo dos votantes.

 

E o Óscar vai para...Avatar

E o Óscar devia ir para...The Hurt Locker

E a surpresa é...Inglorious Basterds

Categorias:

Autor Miguel Lourenço Pereira às 15:12
Link do texto | Comentar | favorito

.O Autor

Miguel Lourenço Pereira

.Fundamental.

EnfoKada

.Janeiro 2013

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

13
14
15
16
17
18
19

20
21
22
23
24
25
26

27
28
29
30
31


.Ultimas Reviews

Midnight in Paris -
The Ides of March -
A Dangerous Method -
Tinker Taylor Soldier Spy -
Drive -

.Classificação

Excelente-
Muito Bom-
Bom -
Aceitável-
Evitar-

.Pesquisa

 

.Ultimas Actualizações

. Por uma definição justa d...

. Oscarwatch - Melhor Filme...

. Oscarwatch - Melhor Argum...

. Oscarwatch - Melhor Actor...

. Oscarwatch - Melhor Actri...

.Do Autor

Em Jogo

.Categorias

. biografias

. cinema

. corpos...

. estreias

. festivais

. historia opinião

. mitos

. noticias

. obituario

. opinião

. oscares

. oscarwatch 2008

. oscarwatch 2009

. oscarwatch 2010

. oscarwatch 2011

. premios

. reviews

. rostos

. that´s the movies

. trailers

. todas as tags

.Blogs

35mm
7CineArt
A Gente Não Vê
A Última Sessão
Action Screen
Alternative Prision
Ante-Cinema
Antestreia
A Última Sessão
Avesso dos Ponteiros
Bela Lugosi is Dead
Blockbusters
Cantinho das Artes
Cine31
CineBlog
CineLover
CinemeuBlog
CineObservador
CineRoad
CineLotado
Cinema is My Life
Cinema Notebook
Cinema´s Challenge
Cinema Xunga
Cinematograficamente Falando
CinePT
Close Up
Cria o teu Avatar
Depois do Cinema
Dial P for Popcorn
Ecos Imprevistos
Estúpido Maestro
Febre 7 Arte
Final Cut
Grandes Planos
Gonn1000
Grand Temple
High Fidelity
In a Lonely Place
Jerry Hall Father
Keyser Soze´s Place
Maus da Fita
Movie Wagon
Mullolhand CineLog
My One Thousand Movies
My SenSeS
Noite Ameriana
Ordet
O Homem que Sabia Demasiado
O Sétimo Continente
Os Filmes da Gema
Pixel Hunt
Pocket Cinema
Portal do Cinema
Royale With Cheese
Split Screen
The Extraordinary Life of Steed
Um dia Fui ao Cinema
Voice Cinema



.Sites

c7nema
CineCartaz
Cine Estação
Cinema2000
Cinema-PT Gate
DVD Mania
DvD.pt
Em Cena
Lotação Esgotada
Cine História
Cinemateca Lisboa
Eu sou Cinéfilo
Portal Cinema

American Film Institute
British Film Institute
Cahiers du Cinema
Cinémathèque Francaise
Directors Guild of America
Internet Movie Database
Motion Picture Association
Screen Actors Guild
Screen Writers Guild
Sight and Sound
Telerama

Box Office Mojo
Coming Soon
Dark Horizons
Hollywood Reporter
JoBlo
Latino Review
Movie Poster

Premiere
Rope of Silicone
Rotten Tomatoes
Slash Film

Sun Times Chicago

Variety

.Premios e Festivais

Cesares
European Film Awards

Golden Globes
Goya

Oscares

Animation Film Fest
European Film Festival
Festival de Berlim
Festival de Cannes
Festival de S. Sebastian
Festival de Sundance
Festival de Veneza
Roma Film Festival
São Paulo Film Fest
Sitges Film Festival
Toronto Film Festival

Algarve Film Festival
Ao Norte!
Avanca
Black and White
Caminhos
Cinamina
Corta!
Curtas Vila do Conde
DOCLisboa
Fantasporto
FamaFest

Festroia

FIKE
Funchal Film Fest
Imago
Indie Lisboa
Ovar Video

.Oscarwatchers

And the Winner is...
Awards Daily
In Contention
Golden Derby
MCN Weeks
The Envelop
The Carpetbagger
Thompson on Hollywood

.Arquivos

. Janeiro 2013

. Fevereiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

.subscrever feeds