Segunda-feira, 14 de Junho de 2010

The Apartment, 50 anos sob o signo da perfeição

Nos instantes finais de The Apartment, o habitual humor negro do maestro Billy Wilder leva-nos a suspeitar o pior. Um tiro? O desistir de CC Baxter perante o fraquejar constante da voluvel miss Kubelik? Mas não, o culminar máximo da obra do austriaco que revolucionou a comédia de Hollywood, não encontrou lugar para um final triste. Afinal, apesar de tudo, Wilder é um optimista. E o champagne jorrou há cinquenta anos, como hoje.

Venceu 5 Óscares da Academia quando ninguém o esperava.

No ano anterior Billy Wilder tinha assinado o genial Some Like it Hot, onde trabalhou com Tony Curtis, Marilyn Monroe e Jack Lemmon. Se da explosiva loira nunca se lhe ouviram grandes elogios, já o pequeno Lemmon, então uma rising star no universo da comédia norte-americana, tornou-se no seu actor fetiche para os anos seguintes. Com Lemmon na cabeça, o realizador atirou-se com o seu parceiro IAL Diamond, um génio de ascendência romena que assinou alguns dos melhores guiões da história da 7 Arte, na escrita do seu projecto seguinte. Chamou-lhe The Apartment.

Este apartamento não é mais do que o local onde os executivos da empresa onde trabalha CC Baxter se encontram para ter os seus affairs. Mas é também o grande protagonista da história, já que mesmo na ausência das caracther´s, é lá que a história e os dramas da vida de Baxter e Kubelik ganham forma.

Baxter é um oportunista sem grande amor próprio o que o torna num amigo apetecível para esses sérios homens de familia que querem ter um cuidadoso espaço de manobra para as suas aventuras. Graças a esse "espirito empreendedor", elogiado pelos seus sucessivos responsáveis e que acompanha cada promoção, o jovem vai subindo na vida mas também acaba por ganhar o desprezo de toda a vizinhança. E dele próprio. Baxter passeia ao frio pela rua, vê sessões intermináveis nas salas nova-iorquinas e quando volta a casa tem ainda de limpar o alcool (e algo mais?) derramado pelo chão. A sua vida não promete mais do que isso, até porque o seu coração está captivo da única mulher que nem se incomoda a olhar para ele, a ascensorista Kubelik. É quando esta entra no triângulo amoroso que tem por pano de fundo o seu apartamento - e o sério Fred McMurray, que Wilder tinha lançado para o estrelato em Double Indemnity - que Baxter decide revoltar-se contra o mundo que o asfixia. Com consequências imprevisiveis.

 

O génio por detrás de The Apartment está na forma como Wilder encarou o projecto.

Sem um grande orçamento - apesar de ser um dos mais conceituados cineastas à época - o filme foi rodado quase todo em interiores, trabalhados ao mais minimo detalhe. A abertura do filme mostra-nos um verdadeiro exercicio de suprema técnica, com Wilder a isolar Baxter de um mundo de "formigas" da companhia de seguros onde trabalho (o 19 piso, para ser mais exacto), que o fazem aumentar e encolher à medida que a acção ganha vida. O subir e descer do elevador de Kubelik recordará sempre o seu grande mentor, Ernst Lubitsch, mas é a tirada final (como já tinha passado em Some Like it Hot e se repetiria em Irma la Douce e Kiss me Stupid) com Kubelik e Baxter a jogar as cartas num original dia de Natal que dá esse toque de grandeza que paira constantemente sobre o último filme que o realizador produziu em preto-e-branco. Um tom perfeito para os rostos brancos e esquálidos da genial dupla Jack Lemmon e Shirley McLaine (que só perderia o Óscar por culpa da doença súbita da sua amiga Elizabeth Taylor), verdadeiros furacões em cena, eles que confessariam anos depois que metade do que iam fazendo era puro exercicio de improvisação. Deles e do próprio Wilder, um perfeccionista inimitável.

Três anos depois a equipa juntou-se para filmar o igualmente irrepetível Irma la Douce, mas a obra máxima da comédia negra norte-americana do seu periodo clássico será sempre The Apartment. Foi o último filme a preto-e-branco, até Schindler´s List, a vencer o Óscar de Melhor Filme e quebrou uma seca de dezasseis anos em que as comédias estavam afastadas da ribalta. Depois do cinema noir (Double Indemnity), do drama (de The Lost Weekend a Sunset Boulevard), passando pelo cinema bélico (Stalag 17) e de aventuras (The Spirit of St. Louis), foi finalmente na comédia que Wilder se ergueu como um dos grandes génios da realização. Uma carreira que conheceu neste pequeno grande épico de emoções humanas o culminar de uma carreira que começara dezzasseis anos antes e que terminaria dezasseis anos depois. Perfeito. Como The Apartment.

Categorias:

Autor Miguel Lourenço Pereira às 11:04
Link do texto | Comentar | favorito

.O Autor

Miguel Lourenço Pereira

.Fundamental.

EnfoKada

.Janeiro 2013

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

13
14
15
16
17
18
19

20
21
22
23
24
25
26

27
28
29
30
31


.Ultimas Reviews

Midnight in Paris -
The Ides of March -
A Dangerous Method -
Tinker Taylor Soldier Spy -
Drive -

.Classificação

Excelente-
Muito Bom-
Bom -
Aceitável-
Evitar-

.Pesquisa

 

.Ultimas Actualizações

. Por uma definição justa d...

. Oscarwatch - Melhor Filme...

. Oscarwatch - Melhor Argum...

. Oscarwatch - Melhor Actor...

. Oscarwatch - Melhor Actri...

.Do Autor

Em Jogo

.Categorias

. biografias

. cinema

. corpos...

. estreias

. festivais

. historia opinião

. mitos

. noticias

. obituario

. opinião

. oscares

. oscarwatch 2008

. oscarwatch 2009

. oscarwatch 2010

. oscarwatch 2011

. premios

. reviews

. rostos

. that´s the movies

. trailers

. todas as tags

.Blogs

35mm
7CineArt
A Gente Não Vê
A Última Sessão
Action Screen
Alternative Prision
Ante-Cinema
Antestreia
A Última Sessão
Avesso dos Ponteiros
Bela Lugosi is Dead
Blockbusters
Cantinho das Artes
Cine31
CineBlog
CineLover
CinemeuBlog
CineObservador
CineRoad
CineLotado
Cinema is My Life
Cinema Notebook
Cinema´s Challenge
Cinema Xunga
Cinematograficamente Falando
CinePT
Close Up
Cria o teu Avatar
Depois do Cinema
Dial P for Popcorn
Ecos Imprevistos
Estúpido Maestro
Febre 7 Arte
Final Cut
Grandes Planos
Gonn1000
Grand Temple
High Fidelity
In a Lonely Place
Jerry Hall Father
Keyser Soze´s Place
Maus da Fita
Movie Wagon
Mullolhand CineLog
My One Thousand Movies
My SenSeS
Noite Ameriana
Ordet
O Homem que Sabia Demasiado
O Sétimo Continente
Os Filmes da Gema
Pixel Hunt
Pocket Cinema
Portal do Cinema
Royale With Cheese
Split Screen
The Extraordinary Life of Steed
Um dia Fui ao Cinema
Voice Cinema



.Sites

c7nema
CineCartaz
Cine Estação
Cinema2000
Cinema-PT Gate
DVD Mania
DvD.pt
Em Cena
Lotação Esgotada
Cine História
Cinemateca Lisboa
Eu sou Cinéfilo
Portal Cinema

American Film Institute
British Film Institute
Cahiers du Cinema
Cinémathèque Francaise
Directors Guild of America
Internet Movie Database
Motion Picture Association
Screen Actors Guild
Screen Writers Guild
Sight and Sound
Telerama

Box Office Mojo
Coming Soon
Dark Horizons
Hollywood Reporter
JoBlo
Latino Review
Movie Poster

Premiere
Rope of Silicone
Rotten Tomatoes
Slash Film

Sun Times Chicago

Variety

.Premios e Festivais

Cesares
European Film Awards

Golden Globes
Goya

Oscares

Animation Film Fest
European Film Festival
Festival de Berlim
Festival de Cannes
Festival de S. Sebastian
Festival de Sundance
Festival de Veneza
Roma Film Festival
São Paulo Film Fest
Sitges Film Festival
Toronto Film Festival

Algarve Film Festival
Ao Norte!
Avanca
Black and White
Caminhos
Cinamina
Corta!
Curtas Vila do Conde
DOCLisboa
Fantasporto
FamaFest

Festroia

FIKE
Funchal Film Fest
Imago
Indie Lisboa
Ovar Video

.Oscarwatchers

And the Winner is...
Awards Daily
In Contention
Golden Derby
MCN Weeks
The Envelop
The Carpetbagger
Thompson on Hollywood

.Arquivos

. Janeiro 2013

. Fevereiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

.subscrever feeds