Segunda-feira, 30 de Novembro de 2009

Oscarwatch 2009 - Melhor Documentário

A exclusão de Capitalism: A Love Story voltou a levantar a polémica em Hollywood. Sem Michael Moore na corrida os filmes em disputa ganham em protagonismo mas a verdade é que continua a viver num guetto em que poucos se atrevem a entrar. Infelizmente.

 

Entre os favoritos - depois da divulgação da lista dos 20 pré-candidatos - estão The Cove e Food Inc. Dois trabalhos populares e que alinham pelo diapasão dos habituais premiados, seguindo o exemplo de Man on Wire, vencedor sem disputa em 2008.

 

We Live in Public, Every Little Sleep e It Might Get Loud são os restantes candidatos a ocupar uma das cinco vagas que serão conhecidas a 22 de Janeiro. Mas a lista inclui ainda Valentino: The Last Emperor, Earth, Sergio Mugabe and the White African e Facing Ali.

 

Fora do circuito mainstream está The Beaches of Agnes, retrato auto-biografico da cineasta Agnes Varda, que passou por Portugal recentemente para ilustrar os tumultosos anos da carreira de um dos últimos simbolos activos da Nouvelle Vague.

 

Nomeados

Food Inc.

The Cove

We Live in Public

Every Little Sleep

The Beaches of Agnes

 

Alternativas

It Might Get Loud

Valentino: The Last Emperor

Which Way Home

Facing Ali

Sergio Mugabe and the White African

 

Categorias:

Autor Miguel Lourenço Pereira às 10:52
Link do texto | Comentar | ver comentários (2) | favorito
Domingo, 29 de Novembro de 2009

Oscarwatch 2009 - Melhor Banda Sonora e Tema

O universo musical transforma cada filme numa fábula visual.

 

Os cineastas neo-realistas sempre desprezaram o potencial das bandas sonoras, por, segundo eles, corremper o realismo da obra. Mas assim é Hollywood e mais uma vez os principais compositores juntam-se para disputar o pequeno trofeu dourado. Uma luta este ano que parece cerrar-se em três nomes de excepção.

 

James Horner apresenta a sua candidatura graças à banda sonora de Avatar, uma aventura de tons épicos que James Cameron quer tornar num dos icones da década que agora termina. A principal concorrência a Horner chega do italiano Michael Giachino por Up e Star Trek e de Alexander Desplat que também conta com dupla candidatura - Coco avant Chanel e Fantastic Mr. Fox. 

 

Mark Bradshaw é pouco habitual nestas andanças mas o ritmo melódico da banda sonora de A Bright Star pode ser suficiente para cair nas boas graças da Academia. Os irmãos Newman voltam à disputa, com Randy a dar cor a The Princess and the Frog e o seu irmão Thomas a pautar a partitura de Brothers, o novo de Jim Sheridan.

 

Fora dos grupos de favoritos está o clã Eastwood (Clint e o seu filho Kyle) autores da banda sonora de Invictus e ainda Nick Cave por The Road e Brian Eno por The Lovely Bones. Dentro do espirito mais convencional há ainda The Informant (Marvin Hamlisch) e Sherlock Holmes, de Hans Zimmer.

 

Nomeados

Avatar

Up

A Bright Star

Fantastic Mr. Fox

Brothers

 

Alternativas  

The Princess and the Frog

The Road

Invictus

The Lovely Bones

Sherlock Holmes

 

Melhor Tema Original

 

Dentro do universo musical cada vez ganha mais preponderância o valor de um tema isolado. Uma música que fica no ouvido durante anos. Ou talvez não.

 

As restrições da Academia ao longo dos anos foram eliminando vários candidatos ganhadores e deixaram muitas vezes as disputas resumidas a várias músicas dentro de dois ou três. Especialmente dentro do universo do cinema de animação. E 2009 não se anteve particularmente diferente.

 

Nine e The Princess and the Frog são os máximos favoritos com três temas candidatos.

O musical de Rob Marshall conta com Take it All, cantado por Kate Hudson, mas também Cinema Italiano (com a voz de Marion Cottilard) e Guarda la Luna (cantada por Sofia Loren). Já o novo projecto da Disney tem em Down in New Orleans, Almost There e Never Knew I Needed as suas principais armas.

 

Depois entram em disputa os nomes já consagrados que procuram juntar-se á galeria das celebridades com estatueta dourada. Mary J. Blidge dá voz a I Can See In Color, tema principal de Precious. Por sua vez Leona Lewis é a voz de Avatar com I See You. A britânica Duffy viaja aos anos 60 em An Education e canta Smoke Without Fire enquanto que o veterano Paul McCartney dá voz a Everybody´s Fine em I Want To Come Home. E como esquecer na lista Jeff Bridges e o seu The Weary Kind em A Crazy Heart onde dá, precisamente, voz, a um cantor country decadente.

 

Se a Academia preferir o publico mais jovem pode apostar por Linkin Park (tema de Transformers, o single New Divide) ou Miley Cyrus e um dos seus multiplos temas no filme de Hannah Montana.

 

Nomeados

The Weary Kind (A Crazy Heart)

I Can See In Color (Precious)

I See You (Avatar)

Take It All (Nine)

Almost There (The Princess and the Frog)

 

Alternativas

Smoke Without Fire (An Education)

New Divide (Linkin Park)

Cinema Italiano (Nine)

Down in New Orleans (The Princess and the Frog)

Winter (Brothers)

 

Categorias:

Autor Miguel Lourenço Pereira às 10:51
Link do texto | Comentar | ver comentários (3) | favorito
Sábado, 28 de Novembro de 2009

Oscarwatch 2009 - Óscares Técnicos

Edição

 

É a ante-camara por excelência do Óscar de Melhor Filme. 

Desde sempre que a montagem é a base da linguagem cinematográfica e é sempre um fenómeno complicado quando um filme triunfa sobre a concorrência e não vê o seu trabalho de editor recompensado. Talvez por isso este ano - com dez filmes nomeados - seja interessante ver quais são os que conseguem ocupar a vaga na categoria de melhor montagem.

 

Partindo dessa base seria óbvio colocar aqui os cinco máximos favoritos. Mas a verdade é que entre os candidatos há filmes que exploram pouco a linguagem de montagem. E que partem a meio da tabela classificativa.

 

Nine, The Hurt Locker, Avatar e Invictus são os principais favoritos e sobre eles deve recair uma das vagas. O quinto posto será uma complexa lotaria entre Precious, Star Trek ou The Lovely Bones. Aqui pode muito bem ficar decidida a contenda da noite já que o outro favorito, Up in the Air, aqui parte muito atrás.

 

District 9, Public Enemies, Inglorious Basterds ou The Road são outros dos filmes que ainda podem sonhar com um acente no Kodak Theather.

 

Nomeados

The Hurt Locker

Invictus

Nine

Precious

Avatar

 

Alternativas 

Star Trek

The Lovely Bones

Public Enemies

District 9

Inglorious Basterds

 

Fotografia

 

É uma das mais fascinantes categorias e espelha bem o talento de alguns dos melhores directores de fotografia do Mundo. Trabalhos visualmente impecáveis que deixam a nu o traço mais artistico do espectáculo de entertenimento que é o cinema norte-americano.

 

The Inglorious Basterds e Invictus arrancam a edição deste ano como favoritos à estatueta dourada mas o nível é bastante elevado. Tanto Nine como The Hurt Locker apresentam a sua candidatura de forma clara e A Bright Star The Lovely Bones são outros fortissimos candidatos à estatueta.

 

A Serious Man, Harry Potter and the Half Blood Prince, A Single Man ou Precious são outros filmes candidatos sérios a uma vaga, apesar de estarem um nivel por debaixo dos favoritos à estatueta.

 

Nomeados

The Hurt Locker

Nine

Inglorious Basterds

Invictus

The Lovely Bones

 

 Alternativa

Harry Potter and the Half Blood Prince

A Brigth Star

A Serious Man

A Single Man

Precious

 

Direcção Artistica

 

O espaço é uma realidade fundamental para dimensionar uma obra. Mais do que no próprio teatro, o cenário é uma alavanca essencial para criar o realismo que qualquer cineasta procura. Os melhores trabalhos nem sempre são os mais metódicos até porque uma direcção artistica contemporânea pode ser sempre mais apaixonante que um minucioso castelo do século XVI.

 

Entre os candidatos em disputa na edição de este ano The Imaginarium of Dr. Parnassus parte na linha da frente. O realismo lirico de Terry Gilliam volta a explorar todas as facetas do genial cineasta e dos multiplos mundos do curioso Parnassus. Também em disputa estão Inglorious Basterds - e o seus curiosos palcos de guerra - e o trepidante Nine, que tenta recuperar o louco mundo felliniano.

 

Noutro patamar podemos encontrar The Lovely Bones, A Serious Man, Invictus, Public Enemies, Sherlock Holmes, The Road e A Bright Star, todos candidatos a lograr uma vaga mas já distantes da estatueta dourada.

 

Nomeados

The Imaginarium of Dr. Parnassus

Inglorious Basterds

Nine

The Lovely Bones

Public Enemies

 

Alternativas

A Serious Man

The Road

Sherlock Holmes

Invictus

A Bright Star

 

Alternativas

 

Maquilhagem

 

A arte do disfarce é fundamental em muitos filmes para garantir o plus de magia necessário para convencer o espectador. Todos os actores se maquilham mas poucos conseguem fazer dessa arte uma mais valia para a sua personagem.

 

Com apenas três vagas o Óscar de Maquilhagem é um dos patinhos feios dos prémios mas acaba também por ser dos mais interessantes. Na disputa de este ano as criaturas de outro planeta ganham vantagem sobre os mortais. Tanto Avatar como District 9 surgem como favoritos com Star Trek e The Imaginarium of Dr. Parnassus a pisar-lhes directamente os calcanhares.

 

Outros nomes em disputa serão certamente The Informant, The Road, Precious e Drag Me To Hell, mas sem o impacto visual tantas vezes necessário para triunfar.

 

Nomeados

District 9

The Imaginarium of Dr. Parnassus

Avatar

 

Alternativas

Star Trek

The Road

Precious

 

 

Guarda-Roupa

 

 Espaço priveligiado para o cinema de época, o Óscar de Melhor Guarda Roupa tem vindo a quebrar barrreiras nos últimos anos apostando cada vez mais em projectos contemporâneos. Apesar de tudo o cliché continua e o cinema de época continua a prevalecer dentro dos principais favoritas à estatueta.

 

Dentro desse espirito há a certeza de que A Bright Star e Young Victoria estão na linha da frente. São dois projectos modestos mas com um cuidadíssimo vestuário, fundamental para recriar com detalhe a Inglaterra do século XIX.

 

Nine - e o seu faustuoso guarda-roupa - e The Inglorious Basterds e a sua incursão ao universo da II Guerra Mundial partem como legitimos outsiders e cabe a Invictus e o seu guarda-roupa desportivo, Public Enemies e o seu retrato dos roaring twenties ou a Coco avant Channel, lutar pelo último posto livre.

 

Nomeados

A Bright Star

Young Victoria

Inglorious Basterds

Nine

Invictus

 

Alternativas

Public Enemies

Coco avant Channel

Cheri

The Imaginarium of Dr. Parnassus

Amelia

 

 

 

Som

 

Edição Sonora ou Som, um dos Óscares mais apetecidos da noite pelos técnicos especializados que passam meses na sala de montagem para transmitir o máximo de realismo e espectáculo ao projecto final.

 

Up segue a tradição do cinema de animação e apresenta-se como um dos mais sólidos candidatos tendo em Avatar e The Hurt Locker os mais significativos rivais. Para as restantes duas vagas Transformers e Star Trek partem na linha da frente mas tanto Public Enemies como Inglorious Basterds ou até mesmo Sherlock Holmes entram em muitas das listas. A confusão é total.

 

Nomeados

Up

The Hurt Locker

Transformers

Avatar

Star Trek

 

Alternativas

Inglorious Basterds

Public Enemies

Sherlock Holmes

Harry Potter and the Goblet of Fire

New Moon

 

Efeitos Sonoros

 

Tal como o Óscar de Melhor Som, a categoria premeia os trabalhos sonoros mais certeiros, onde os efeitos especiais aplicados ao som ganham maior destaque. Ao contrário da categoria anterior, que aborda o som em traços gerais, neste espaço o destaque vai para pequenos e distintos detalhes trabalhados até ao limite da perfeição.

 

Entre os cinco candidatos à estatueta estão District 9, The Hurt Locker, Avatar, Sherlock Holmes e Nine, sem que exista, a esta altura do campeonato, um favorito claro. Apesar de ser notório que os filmes bélicos funcionam bastante bem nesta categoria.

 

Outras alternativas poderiam passar por Transformers, Star Trek, New Moon ou Public Enemies.

 

Nomeados

The Hurt Locker

Avatar

District 9

Sherlock Holmes

Nine

 

Alternativas

Transformers

Star Trek

New Moon

Public Enemies

Up

 

Efeitos Visuais

 

Três vagas para um prémio absolutamente técnico que habitualmente premeia filmes inovadores no universo dos efeitos especiais. Num ano onde nem abundaram os grandes blockbusters a lista de candidatos parece resumir-se a meia dúzia de filmes.

 

O grande favorito é Avatar, incursão de James Cameron - um dos pais dos efeitos visuais modernos - no universo fantástico da ficção cientifica. A concorrência directa também chega do espaço com Star Trek e District 9. Uns degraus abaixo é preciso contar igualmente com Transformers, 2012, Harry Potter and the Half Blood Prince, New Moon e Sherlock Holmes, um dos grandes pontos de interrogação deste ano.

 

Nomeados

Avatar

Star Trek

2012

 

Alternativas

District 9

Transfomers

Harry Potter and the Half Blood Prince

 

Categorias:

Autor Miguel Lourenço Pereira às 10:44
Link do texto | Comentar | ver comentários (1) | favorito
Sexta-feira, 27 de Novembro de 2009

Oscarwatch 2009 - Arranca a temporada...

Arranca uma das temporadas de Óscares menos entusiasmantes da década. Num ano sem grandes titulos, Hollywood procura reinventar-se para tornar atractiva uma corrida que parece estar mais focada no confronto entre cinema independente e grandes produções.

 

Com 10 filmes candidatos ao Óscar de Melhor Filme do Ano a Academia procura abrir o leque de candidatos, encontrando espaço para diferentes sensibilidades que, noutros casos, ficariam inapelavelmente e fora. E com isso atrair mais audiência ao dia da cerimónia, que é o que mais importa à organização e aos estúdios que passam largos meses em campanhas de propaganda.

 

No meio disto tudo os artesões continuam a apostar nas mesmas fórmulas e o ano não oferece nenhum projecto verdadeiramente inovador. Na linha da frente o politicamente correcto e os milhões de um público cada vez mais adolescente e, por isso mesmo, menos exigente. Obras de autores consagrados caem nas listas de oscarizáveis por serem considerados demasiado pretensiosos para os independentes e incapaz de apaixonar as grandes audiências. 

 

Um ano onde os efeitos especiais voltam a dar cartas e em que vários actores consagrados procuram um prémio quase em tons de carreira. Mas também um ano de novos rostos, atrás e à frente das camaras, que dão esperança para uma nova fornada de talentos. 

 

A 7 de Março - data escolhida para não coincidir com os Jogos Olimpicos de Inverno - será conhecido o sucessor de Slumdog Millionaire. Não há, este ano, nenhum filme que consiga tanta unanimidade. Nem que apresente um rosto tão positivo e captivante do Mundo em crise. O efeito Obama parece ter passado e o humor cáustico e os dramas quotidianos ganham forma de novo. Pelo meio continua a dúvida. Afinal, prever quem leva para casa as pequenas estatuetas douradas, continua a ser um jogo. Um jogo arriscado e imprevisível. Tanto como viciante...

 

Arranca a temporada! 

Categorias:

Autor Miguel Lourenço Pereira às 10:43
Link do texto | Comentar | ver comentários (4) | favorito
Quinta-feira, 26 de Novembro de 2009

Guy Pearce junta-se a The Hungry Rabbit Jumps

Depois de uns anos em low-profile Guy Pearce está de regresso ao activo. E em excelente forma.

 

O actor australiano será um dos protagonistas de The Hungry Rabbit  Jumps, um thriller de suspense que gira à volta de um homem que contacta um grupo de vigilantes nocturnos para o ajudarem a vingar-se do homem que assaltou e espancou a sua mulher.

 

Nicholas Cage é o protagonista do filme como o marido revoltado e Pearce dará corpo ao lider dos vigilantes. A jovem January Jones, actual estrela da série televisiva Mad Man, será a jovem esposa de Cage.

 

O filme começa a ser rodado no início do próximo ano e está previsto que a estreia seja na próxima edição do Festival de Toronton. A direcção do projecto está nas mãos de Roger Donaldson. A história original é de Todd Hickey e a adaptação pertence a Robert Tannen.

 

 

Categorias:

Autor Miguel Lourenço Pereira às 11:04
Link do texto | Comentar | favorito
Quarta-feira, 25 de Novembro de 2009

Estreias - Os vampiros milionários

Fez história ao bater o recorde de The Dark Knight no box-office do dia de estreia. O que não surpreende ninguém. Espelho da influência adolescente no mundo do espectáculo, a saga Twilight é o fenómeno de moda e garante uma fiel legião de seguidores. Mas se, cinematograficamente, o filme inaugural da saga já deixava muito que desejar, a sequela New Moon consegue ser ainda mais decepcionante. As fãs pouco importará...

É inevitável não olhar para o panorama dos filmes mais vistos do ano - e dos passados - e entender que hoje em dia quem dita os resultados das bilheteiras são os adolescentes. E quando algo lhes cai no goto, o sucesso é garantido. Independentemente da qualidade.

Passou há uns anos com Harry Potter - e não com The Chronicles of Narnia, por exemplo - com as adaptações de comics e com o ressurgimento do cinema de animação. Agora é Twilight o icone da juventude ocidental. Que já garantiram ao novo filme, New Moon, os milhões históricos do dia de estreia. Como era esperado.

O filme até abdicou da realizadora original - Catherine Hardwicke - e apostou num nome mais mainstream - Chris Weitz. Mas nem assim a qualidade se viu afectada. O filme continua a tropeçar em todos os clichés do género e a limitar-se a explorar o filão de uma história, como tantas outras, apenas percéptivel por uma audiência bastante jovem.

 

Kristen Stewart e Robert Pattinson voltam a juntar-se nesta história de amor impossível entre uma adolescente mortal e um juvenil vampiro. Desta feita a relação vê-se enturbiada, não por um ataque de vampiros malignos, mas sim por uma comunidade de lobisomens donde sai Jacob Black, (Taylor Lautner), o novo melhor amigo da jovem Bella Swan. E novo rival de Edward Cullen.

Efeitos especiais, acção constante e os esperados momentos de romance adolescente pautam o ritmo do segundo capitulo desta trilogia milionária. As longas filas nas bilheteiras, um pouco por todo o mundo, comprovam o óbvio. Hollywood rendeu-se definitivamente ao fenómeno teen.  

 

Esta semana estreia ainda.

 

Enquanto os teenagers se divertem com vampiros, os adultos enfrentam mais um teste sarcástico à sociedade financeira norte-americano de Michael Moore. O seu novo documentário Capitalism: A Love Story, pauta-se pela habitual polémica que rodeia o documentalista. O filme foi excluido dos Óscares - a Academia ainda se lembra do polémico discurso do cineasta - e tem alimentado ainda mais a relação de amor ódio entre Moore e a sua América. Nesta nova incursão critica o objectivo no ponto de mira é a sociedade capitalista e o universo de Wall Street, a encarnação de todo o mal que existe nos "States". Segundo Moore, o profeta.

Categorias:

Autor Miguel Lourenço Pereira às 08:52
Link do texto | Comentar | favorito
Segunda-feira, 23 de Novembro de 2009

BBC volta a adaptar Jane Eyre

É uma das obras mais consagradas da literatura britânica e depois de vários anos, Jane Eyre volta a ter uma adaptação ao grande ecrã.

 

O livro de Charlotte Bronte narra a perturbadora história de uma mansão onde um obscuro segredo atormenta os seus habitantes, uma jovem governanta e o dono da mansão. Um relato seco e devastador da natureza humana que se tornou num dos grandes clássicos da literatura inglesa do século XIX. A última adaptação de uma obra que já teve 20 versões cinematográficas data de 1996, na altura com Anna Paquin como protagonista.

 

O filme será dirigido por Cary Fukunaga e contará com os jovens Michael Fassbender e Mia Wasikowska como protagonistas. A produção pertence à BBC e a data de estreia está agendada para 2011.

 

Categorias:

Autor Miguel Lourenço Pereira às 09:47
Link do texto | Comentar | favorito
Sexta-feira, 20 de Novembro de 2009

Academia reduz a 15 candidatos ao Óscar de Documentário

Depois de anunciar os 20 candidatos às cinco vagas ao Óscar de Melhor Filme de Animação, a Academia de Hollywood publicou a lista dos 15 documentários elegiveis à estatueta dourada.

 

Segundo as regras estipuladas pela Academia os votantes terão de provar terem visto, como minimo um terço dos filmes para poder eleger os cinco nomes finais que no próximo 7 de Março disputarão a sucessão a Man on Wire, o vencedor do ano passado.

 

The Cove e Food Inc. arrancam como os grandes favoritos à estatueta.

 

Igualmente entre os candidatos encontram-se Wich Way Home, Valentino. The Last Emperor, The Beaches of Agnes, Burma VJ, The Cove Every Little Step, Facing Ali, Under Our Skin, Soundtrack for a Revolution, Sergio, Mugabe and the White African, Living in Emergency, Garbage Dreams e The Most Dangerous Man in America. 

 

O grande ausente é Capitalism: A Love Story de Michael Moore que volta a falhar o ataque à estatueta depois do fracasso com Sicko.

 

Os cinco nomeados serão conhecidos a 22 de Janeiro de 2010.

Categorias:

Autor Miguel Lourenço Pereira às 09:36
Link do texto | Comentar | favorito

.O Autor

Miguel Lourenço Pereira

.Fundamental.

EnfoKada

.Janeiro 2013

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

13
14
15
16
17
18
19

20
21
22
23
24
25
26

27
28
29
30
31


.Ultimas Reviews

Midnight in Paris -
The Ides of March -
A Dangerous Method -
Tinker Taylor Soldier Spy -
Drive -

.Classificação

Excelente-
Muito Bom-
Bom -
Aceitável-
Evitar-

.Pesquisa

 

.Ultimas Actualizações

. Por uma definição justa d...

. Oscarwatch - Melhor Filme...

. Oscarwatch - Melhor Argum...

. Oscarwatch - Melhor Actor...

. Oscarwatch - Melhor Actri...

.Do Autor

Em Jogo

.Categorias

. biografias

. cinema

. corpos...

. estreias

. festivais

. historia opinião

. mitos

. noticias

. obituario

. opinião

. oscares

. oscarwatch 2008

. oscarwatch 2009

. oscarwatch 2010

. oscarwatch 2011

. premios

. reviews

. rostos

. that´s the movies

. trailers

. todas as tags

.Blogs

35mm
7CineArt
A Gente Não Vê
A Última Sessão
Action Screen
Alternative Prision
Ante-Cinema
Antestreia
A Última Sessão
Avesso dos Ponteiros
Bela Lugosi is Dead
Blockbusters
Cantinho das Artes
Cine31
CineBlog
CineLover
CinemeuBlog
CineObservador
CineRoad
CineLotado
Cinema is My Life
Cinema Notebook
Cinema´s Challenge
Cinema Xunga
Cinematograficamente Falando
CinePT
Close Up
Cria o teu Avatar
Depois do Cinema
Dial P for Popcorn
Ecos Imprevistos
Estúpido Maestro
Febre 7 Arte
Final Cut
Grandes Planos
Gonn1000
Grand Temple
High Fidelity
In a Lonely Place
Jerry Hall Father
Keyser Soze´s Place
Maus da Fita
Movie Wagon
Mullolhand CineLog
My One Thousand Movies
My SenSeS
Noite Ameriana
Ordet
O Homem que Sabia Demasiado
O Sétimo Continente
Os Filmes da Gema
Pixel Hunt
Pocket Cinema
Portal do Cinema
Royale With Cheese
Split Screen
The Extraordinary Life of Steed
Um dia Fui ao Cinema
Voice Cinema



.Sites

c7nema
CineCartaz
Cine Estação
Cinema2000
Cinema-PT Gate
DVD Mania
DvD.pt
Em Cena
Lotação Esgotada
Cine História
Cinemateca Lisboa
Eu sou Cinéfilo
Portal Cinema

American Film Institute
British Film Institute
Cahiers du Cinema
Cinémathèque Francaise
Directors Guild of America
Internet Movie Database
Motion Picture Association
Screen Actors Guild
Screen Writers Guild
Sight and Sound
Telerama

Box Office Mojo
Coming Soon
Dark Horizons
Hollywood Reporter
JoBlo
Latino Review
Movie Poster

Premiere
Rope of Silicone
Rotten Tomatoes
Slash Film

Sun Times Chicago

Variety

.Premios e Festivais

Cesares
European Film Awards

Golden Globes
Goya

Oscares

Animation Film Fest
European Film Festival
Festival de Berlim
Festival de Cannes
Festival de S. Sebastian
Festival de Sundance
Festival de Veneza
Roma Film Festival
São Paulo Film Fest
Sitges Film Festival
Toronto Film Festival

Algarve Film Festival
Ao Norte!
Avanca
Black and White
Caminhos
Cinamina
Corta!
Curtas Vila do Conde
DOCLisboa
Fantasporto
FamaFest

Festroia

FIKE
Funchal Film Fest
Imago
Indie Lisboa
Ovar Video

.Oscarwatchers

And the Winner is...
Awards Daily
In Contention
Golden Derby
MCN Weeks
The Envelop
The Carpetbagger
Thompson on Hollywood

.Arquivos

. Janeiro 2013

. Fevereiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

.subscrever feeds