Sexta-feira, 12 de Novembro de 2010

De Laurentiis, o napolitano que via vida no celulóide

Quando o cinema italiano ainda era sinónimo de neo-realismo puro, a sua visão trouxe uma visão onírica e satirica a um país com um condão especial para rir-se de si mesmo. Sempre foi um productor de mulheres, com um olhar agudo para entender o poder da sexualidade num meio tão visual como o cinema. Mas foi também um vanguardista sem receios, o que lhe valeu tantos sucessos como dissabores. O cinema da segunda metade do século XX nunca teria sido o mesmo sem Dino de Laurentiis.

Da sua terra natal, Torre Anunziata, avista-se a imensidão do Vesuvio. O degredo urbano de Napoli. E a beleza eterna de Capri e toda a baía sorrentina. Nasceu e cresceu com essa imagem tripla que lhe deu a sensação de que a vida nunca é pintada a preto e branco. Passou toda a sua carreira a explorar as tonalidades de cinzento que foi encontrando no seu caminho. Podia ter sido um filho da "pasta", negócio da empresa familiar que tinha tudo preparado para tê-lo como sucessor. Mas o irromper da II Guerra Mundial atirou-o para a crueza da vida para lá do ritmo frenético do circumvesuviano. Por essa altura decidiu-se a estudar cinema e a guerra ensinou-lhe mais do que podia imaginar sobre a natureza do seu povo. Dos seus sonhos e expectativas. E da sua alma. Uma imagem tão distante do olhar cru de Rossellini e De Sicca que no pós-guerra tomou a determinação de mostrar ao mundo a "outra Itália". Riso Amargo foi o primeiro golpe na imagem monótona do cinzentismo moralista do neo-realismo. Não seria o último. A sua associação com Carlo Ponti, outro napolitano e marido de Sophia Loren, e com Federico Fellini marcou a pauta do cinema italiano dos anos 50. La Strada e La Notte di Cabiria resumiram o seu espirito ácido e despreocupado. Um apaixonado pelas mulheres. Sacou o melhor da imensa Silvia Mangano, por quem se apaixonou perdidamente a ponto de casar-se com ela após as rodagens de Riso Amargo. Um casamento que durou 40 anos mas que não o impediu nunca de flirtear com as protagonistas, escolhidas a dedo, dos seus projectos mais pessoais. Desejou ardentemente a Jane Fonda do ousado Barbarella, a frágil Jessica Lange do seu pessoal King Kong ou a Bo "10" Derek no pouco conhecido Orca. Italiano até ao fim, a sua mudança para os EUA seguiu-se a uma série de investimentos falhados que marcaram também eles o final da idade de ouro do cinema italiano.

 

Nos States recuperou a fórmula mais ácida da sua filmografia e deixou-se em mãos de jovens cineastas ambiciosos como Roger Vadim (Barbarella), Sidney Pollack (The Three Days of the Condor), Sidney Lumet (Serpico), David Lynch (Blue Velvet) ou John Milius (Conan, the Barbarian) que lhe granjearam os maiores sucessos da sua carreira. Conhecido como um productor respeituoso para com os artesãos, tornou-se numa figura de culto para o cinema de baixo orçamento, como o que preparou a ascensão de Hannibal Lecter (primeiro com Manhunter e mais tarde com as sequelas de The Silence of the Lambs, único filme da saga que não produziu) ou algumas das principais obras de Stephen King.

A sua visão do cinema sempre foi pragmática. Fugiu do exibicionismo comercial (foi considerado oportunista pela insistência em aproveitar a beleza etéra de uma Fonda surpreendentemente despedida numa era onde o nu começava a quebrar tabus) e do cinema excessivamente intelectual. A sua missão era o entretenimento com sentido e sempre que podia voltava a ser baía natal para tomar o pulso do ritmo da vida da Itália que nunca esqueceu. Ao contrário da dinastia Brocolli, os productores da saga Bond, a sua relação com o dinheiro nunca foi a base do trabalho. Unido sentilmente ao seu Napoli perdeu fortunas para salvar o clube da sua infância e o seu nome continua a ser reverenciado a cada dia nas ruelas à volta do San Paolo que actualmente é presidido pelo seu sobrinho Aurelio, que juntamente com o seu pai se uniu para recuperar os estúdios fundados anos antes por Dino e abandonados quando este partiu rumo aos EUA.

A morte de De Laurentiis fecha um ciclo sobre uma idade fulcral da maturidade do cinema italiano que depois acabou por desembocar no cinema de autor de Fellini e companhia, alejado já do espirito critico das suas primeiras obras. O seu trabalho como productor lançou os talentos de Scolla, Risi, Monicelli e companhia que durante anos foram o pulso do cinema que se produzia na "bota". Um homem apaixonado pelo cinema e pela vida que sempre carregou às costas o preço de ter nascido numa encruzilhada entre a vida e a morte, a beleza extremo e a dor profunda. Porque também isso é o cinema. Pelo menos, o de Dino.


Autor Miguel Lourenço Pereira às 00:00
Link do texto | Comentar | favorito

.O Autor

Miguel Lourenço Pereira

.Fundamental.

EnfoKada

.Janeiro 2013

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

13
14
15
16
17
18
19

20
21
22
23
24
25
26

27
28
29
30
31


.Ultimas Reviews

Midnight in Paris -
The Ides of March -
A Dangerous Method -
Tinker Taylor Soldier Spy -
Drive -

.Classificação

Excelente-
Muito Bom-
Bom -
Aceitável-
Evitar-

.Pesquisa

 

.Ultimas Actualizações

. Por uma definição justa d...

. Oscarwatch - Melhor Filme...

. Oscarwatch - Melhor Argum...

. Oscarwatch - Melhor Actor...

. Oscarwatch - Melhor Actri...

.Do Autor

Em Jogo

.Categorias

. biografias

. cinema

. corpos...

. estreias

. festivais

. historia opinião

. mitos

. noticias

. obituario

. opinião

. oscares

. oscarwatch 2008

. oscarwatch 2009

. oscarwatch 2010

. oscarwatch 2011

. premios

. reviews

. rostos

. that´s the movies

. trailers

. todas as tags

.Blogs

35mm
7CineArt
A Gente Não Vê
A Última Sessão
Action Screen
Alternative Prision
Ante-Cinema
Antestreia
A Última Sessão
Avesso dos Ponteiros
Bela Lugosi is Dead
Blockbusters
Cantinho das Artes
Cine31
CineBlog
CineLover
CinemeuBlog
CineObservador
CineRoad
CineLotado
Cinema is My Life
Cinema Notebook
Cinema´s Challenge
Cinema Xunga
Cinematograficamente Falando
CinePT
Close Up
Cria o teu Avatar
Depois do Cinema
Dial P for Popcorn
Ecos Imprevistos
Estúpido Maestro
Febre 7 Arte
Final Cut
Grandes Planos
Gonn1000
Grand Temple
High Fidelity
In a Lonely Place
Jerry Hall Father
Keyser Soze´s Place
Maus da Fita
Movie Wagon
Mullolhand CineLog
My One Thousand Movies
My SenSeS
Noite Ameriana
Ordet
O Homem que Sabia Demasiado
O Sétimo Continente
Os Filmes da Gema
Pixel Hunt
Pocket Cinema
Portal do Cinema
Royale With Cheese
Split Screen
The Extraordinary Life of Steed
Um dia Fui ao Cinema
Voice Cinema



.Sites

c7nema
CineCartaz
Cine Estação
Cinema2000
Cinema-PT Gate
DVD Mania
DvD.pt
Em Cena
Lotação Esgotada
Cine História
Cinemateca Lisboa
Eu sou Cinéfilo
Portal Cinema

American Film Institute
British Film Institute
Cahiers du Cinema
Cinémathèque Francaise
Directors Guild of America
Internet Movie Database
Motion Picture Association
Screen Actors Guild
Screen Writers Guild
Sight and Sound
Telerama

Box Office Mojo
Coming Soon
Dark Horizons
Hollywood Reporter
JoBlo
Latino Review
Movie Poster

Premiere
Rope of Silicone
Rotten Tomatoes
Slash Film

Sun Times Chicago

Variety

.Premios e Festivais

Cesares
European Film Awards

Golden Globes
Goya

Oscares

Animation Film Fest
European Film Festival
Festival de Berlim
Festival de Cannes
Festival de S. Sebastian
Festival de Sundance
Festival de Veneza
Roma Film Festival
São Paulo Film Fest
Sitges Film Festival
Toronto Film Festival

Algarve Film Festival
Ao Norte!
Avanca
Black and White
Caminhos
Cinamina
Corta!
Curtas Vila do Conde
DOCLisboa
Fantasporto
FamaFest

Festroia

FIKE
Funchal Film Fest
Imago
Indie Lisboa
Ovar Video

.Oscarwatchers

And the Winner is...
Awards Daily
In Contention
Golden Derby
MCN Weeks
The Envelop
The Carpetbagger
Thompson on Hollywood

.Arquivos

. Janeiro 2013

. Fevereiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

.subscrever feeds