Sexta-feira, 10 de Dezembro de 2010

Oscarwatching 2010 - Argumentos de peso

Na corrida às apreciadas estatuetas douradas há sempre quem menospreze o papel do autor. Não é ninguém, já adiantava há quinhentos anos a personagem encarnada por Geoffrey Rush em Shakespeare in Love. Mas na mente de muitos continua a ser assim e se a maioria sabe de cor o nome dos actores e dos realizadores dos seus filmes preferidos, poucos se dão ao trabalho de conhecer quem está por detrás de tudo. Na corrida aos prémios é mais do mesmo. Até quando há nomes próprios que falam por si.

 

 

 

MELHOR ARGUMENTO ADAPTADO

 

Na corrida ao Melhor Argumento Adaptado é impossível escapar à evidência. 2010 quer ser o ano de Aaron Sorkin.

 

Nome próprio da escrita televisiva norte-americana da última década, Sorkin está por detrás do esmagador sucesso chamado West Wing e é um autor de culto de uma forma que poucos argumentistas hoje em dia podem presumir sê-lo junto dos media e no coração da indústria. O seu trabalho em The Social Network já lhe valeu rasgados elogios por distintos sectores e se o filme de David Fincher já está a começar a recolher vários prémios isso deve-se, em grande parte, à escrita do autor.

 

Sorkin é portanto mais do que um nome próprio dos Óscares 2010. É o máximo favorito a vencer na sua categoria e um peso que pode perfeitamente fazer oscilar a balança entre o projecto sobre a origem do Facebook e os seus mais directos rivais. Que não são propriamente desconhecidos.

 

À partida os irmãos Coen são sempre candidatos fortíssimos e a prova é a presença do seu A Serious Man, um dos seus filmes menos populares, na lista dos principais candidatos de 2009. Este ano os Coen regressam com um remake do popular True Grit e já começaram a conquistar a critica (o público terá de esperar uma semana) que os consagra como os autores mais imaginativos da Hollywood contemporânea. Os irmãos entram numa luta a três que inclui ainda a dupla Simon Beaufoy e Danny Boyle, vencedores há dois anos com Slumdog Millionaire. De regresso com 127 Hours, os britânicos procuram repetir a fórmula de sucesso com um filme arriscado e que tem levantado imensa expectativa pela crueza do seu realismo.

 

Um trio de luxo que deixa para um segundo plano os outros nomes próprios da disputa.

 

Entre o cinema indie poucos filmes têm-se revelado tão populares em 2010 como Winter´s Bone, história de sobrevivência de uma adolescente e os seus jovens irmãos numa das zonas mais inóspitas e abandonadas da América moderna. Um filme que tem um condão de realismo e pureza que Hollywood já não consegue transmitir e que por isso tem vindo a captar a atenção de um público sedente de algo fresco e novo. O oposto dos amantes do cinema da Pixar, maestros da distração com uma licção de moral a par. O guião de Michael Arndt de Toy Story 3 complete a saga da trilogia mais bem sucedida do cinema animado e fecha o lote dos cinco mais fortes candidatos à estatueta dourada.

 

A dupla Jez Butterworth e John-Henry Butterworth por Fair Game e o trio do mundo animado de How to Train Your Dragon William Davies, Dean DeBlois e Chris Sanders são também candidatos a ter em conta para lograr uma nomeação numa das categorias mais concorridas do ano.

 

 

 

Previsões Cinema

 

Aaron Sorkin - The Social Network

Joel e Ethan Coen - True Grit

Simon Beaufoy, Danny Boyle - 127 Hours

Debra Granik, Anne Rosselini - Winter´s Bone

Michael Arndt - Toy Story 3

 

Alternativas

 

Jez Butterworth,John-Henry Butterworth - Fair Game

Scott Silver, Paul Tamasy - The Fighter

Chris Provenzano, Scott Seeke - Get Low

Keith R. Clarke - The Way Back

Dennis Lehane, Laete Kalodridis - Shutter Island


MELHOR ARGUMENTO ORIGINAL

 

A par do sucesso de Social Network poucos filmes têm despertado tanta transversalidade na meca do cinema como The King´s Speech.

 

A história da superação de gaguez do rei George VI é um crowd-pleasure à boa maneira britânica que sempre acaba por funcionar bem com a Academia de Hollywood. O filme de Tom Hooper parte com um brilhante argumento de David Seidler, autor britânico veterano e também com formação televisiva capaz de tocar nos nervos certos para dar um lado humano a uma história real e com o traço caracteristico da realeza. Um candidato fortissimo a todos os niveis e que parece, à partida, não ter nenhum rival capaz de lhe fazer sombra. Certas serão as nomeações de Mike Leigh por Another Year e do tridente Mark Heyman, Andres Heinz, John J. McLaughlin, responsáveis pelo sucesso de Black Swan, um filme que já conseguim juntar uma legião de adeptos e detractores por iguais partes.

 

Entre o quinteto de candidatos pode ainda haver espaço para Christopher Nolan e o seu maravilhoso Incepcion, para a ousada Lisa Chodolenko e o seu politicamente incorrecto The Kids Are Allright e Derek Cianfrance em Blue Valentine, filme que acabou por ver reduzida a sua classificação a R o que permitirá ser visto por um público mais abrangente ao inicialmente previsto.

 


 

 

 

Previsões Cinema

 

David Seidler - The King's Speech

Lisa Chodolenko - The Kids Are Allright

Mike Leigh - Another Year

Mark Heyman, Andres Heinz, John J. McLaughlin - Black Swan

Christopher Nolan - Incepcion

 

Alternativas

 

Derek Cianfrane - Blue Valentine

Bill Ivory - Made in Dagenham

Peter Clark, Ben Affleck - The Town

Peter Morgan - Hereafter

Alejandro Iñarritu - Biutiful


Autor Miguel Lourenço Pereira às 21:08
Link do texto | Comentar | favorito
2 comentários:
De Diogo Figueira a 10 de Dezembro de 2010 às 22:07
Excelente análise - gosto sempre de ver o trabalho dos argumentistas valorizado; uma base fundamental para qualquer filme, tão mais importante do que o que se pensa.

Infelizmente, também aposto em Sorkin para a vitória. Digo "Infelizmente" porque achei que a estrutura do argumento falhou.

Quanto ao resto, pouco fazer, ainda, poucas considerações - já que ainda vi poucos, tenho de perder algum tempo a ver o que a crítica anda a dizer sobre cada um, mais concretamente.

A seu tempo, acabarei por falar disto no blog ;)


De Miguel Lourenço Pereira a 14 de Dezembro de 2010 às 08:53
O argumentista é, de facto, fulcral na concepção de qualquer obra.

O consensualismo à volta de Sorkin como autor já define meia estatueta, o filme fará o resto.

um abraço


Comentar post

.O Autor

Miguel Lourenço Pereira

.Fundamental.

EnfoKada

.Janeiro 2013

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

13
14
15
16
17
18
19

20
21
22
23
24
25
26

27
28
29
30
31


.Ultimas Reviews

Midnight in Paris -
The Ides of March -
A Dangerous Method -
Tinker Taylor Soldier Spy -
Drive -

.Classificação

Excelente-
Muito Bom-
Bom -
Aceitável-
Evitar-

.Pesquisa

 

.Ultimas Actualizações

. Por uma definição justa d...

. Oscarwatch - Melhor Filme...

. Oscarwatch - Melhor Argum...

. Oscarwatch - Melhor Actor...

. Oscarwatch - Melhor Actri...

.Do Autor

Em Jogo

.Categorias

. biografias

. cinema

. corpos...

. estreias

. festivais

. historia opinião

. mitos

. noticias

. obituario

. opinião

. oscares

. oscarwatch 2008

. oscarwatch 2009

. oscarwatch 2010

. oscarwatch 2011

. premios

. reviews

. rostos

. that´s the movies

. trailers

. todas as tags

.Blogs

35mm
7CineArt
A Gente Não Vê
A Última Sessão
Action Screen
Alternative Prision
Ante-Cinema
Antestreia
A Última Sessão
Avesso dos Ponteiros
Bela Lugosi is Dead
Blockbusters
Cantinho das Artes
Cine31
CineBlog
CineLover
CinemeuBlog
CineObservador
CineRoad
CineLotado
Cinema is My Life
Cinema Notebook
Cinema´s Challenge
Cinema Xunga
Cinematograficamente Falando
CinePT
Close Up
Cria o teu Avatar
Depois do Cinema
Dial P for Popcorn
Ecos Imprevistos
Estúpido Maestro
Febre 7 Arte
Final Cut
Grandes Planos
Gonn1000
Grand Temple
High Fidelity
In a Lonely Place
Jerry Hall Father
Keyser Soze´s Place
Maus da Fita
Movie Wagon
Mullolhand CineLog
My One Thousand Movies
My SenSeS
Noite Ameriana
Ordet
O Homem que Sabia Demasiado
O Sétimo Continente
Os Filmes da Gema
Pixel Hunt
Pocket Cinema
Portal do Cinema
Royale With Cheese
Split Screen
The Extraordinary Life of Steed
Um dia Fui ao Cinema
Voice Cinema



.Sites

c7nema
CineCartaz
Cine Estação
Cinema2000
Cinema-PT Gate
DVD Mania
DvD.pt
Em Cena
Lotação Esgotada
Cine História
Cinemateca Lisboa
Eu sou Cinéfilo
Portal Cinema

American Film Institute
British Film Institute
Cahiers du Cinema
Cinémathèque Francaise
Directors Guild of America
Internet Movie Database
Motion Picture Association
Screen Actors Guild
Screen Writers Guild
Sight and Sound
Telerama

Box Office Mojo
Coming Soon
Dark Horizons
Hollywood Reporter
JoBlo
Latino Review
Movie Poster

Premiere
Rope of Silicone
Rotten Tomatoes
Slash Film

Sun Times Chicago

Variety

.Premios e Festivais

Cesares
European Film Awards

Golden Globes
Goya

Oscares

Animation Film Fest
European Film Festival
Festival de Berlim
Festival de Cannes
Festival de S. Sebastian
Festival de Sundance
Festival de Veneza
Roma Film Festival
São Paulo Film Fest
Sitges Film Festival
Toronto Film Festival

Algarve Film Festival
Ao Norte!
Avanca
Black and White
Caminhos
Cinamina
Corta!
Curtas Vila do Conde
DOCLisboa
Fantasporto
FamaFest

Festroia

FIKE
Funchal Film Fest
Imago
Indie Lisboa
Ovar Video

.Oscarwatchers

And the Winner is...
Awards Daily
In Contention
Golden Derby
MCN Weeks
The Envelop
The Carpetbagger
Thompson on Hollywood

.Arquivos

. Janeiro 2013

. Fevereiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

.subscrever feeds