Quarta-feira, 8 de Fevereiro de 2012

Tinker, Taylor, Soldier, Spy - Resquicios do frio

Poucos autores captaram tão bem o cinzentismo britânico do pós-guerra como John Le Carré. O seu Circus funciona, à distância, como o melhor exemplo de uma velha ordem que teimava em desencontrar-se com a sua realidade de potência ultrapassada e caduca. De todo o seu portfolio nenhuma obra é tão acutilante como Tinker, Taylor, Soldier, Spy. Da adaptação do sueco Thomas Alfredson o melhor que se pode dizer é que foi fiel ao espirito inicial do livro. O pior, que não soube passar daí.

 

Para este rosário até interessa pouco que parte substancial da trama tenha sido alterada para manter uma coerência narrativa que, na sua essência, se respeita em forma e conteúdo. O que já se torna mais preocupante e, portanto, mais criticável, é a forma como Alfredson quase que se limita a reeditar, passo a passo, o ideário de Le Carré, sem tentar, em nenhum momento, partir daí para afastar-se de uma obra que se desenrola em camara com a mesma cadência e ritmo do próprio livro, mas sem a magistral condução e fluidez escrita de um génio como Le Carré.

Tinker, Taylor, Soldier, Spy torna-se, inevitavelmente, um sucessor normal da obra anterior do sueco, Let the Right One In, na medida em que mantém a mesma pauta gélida, seca e fria em cada frame, em cada suspiro, em cada passo. Se Le Carré despista o tédio real com as suas analogias práticas, Alfredson não encontra na imagem o escape perfeito para a excessiva frieza com que aborda esta passagem, ao contrário do que logrou 50 anos antes Martin Ritt com The Spy Who Came From the Cold, a outra obra superlativa do autor, igualmente espelho exacto dessa desilusão social e politica do Reino Unido consigo mesmo durante os dias cinzentos da Guerra Fria.

 

O que resgate a obra de Alfredson de uma mediania confrangedora é o leque de performances que pinta o retrato cinzento num colorido insuspeito e profundamente captivante. Alfredson, melhor director de espaços do que de actores, entrega-se de corpo e alma (e bem) a um leque britânico de excepção, daqueles que fazem ressoar as tardes de glória dos grandes heróis dos palcos do East End. Entre Toby Jones, Cirian Hinds, Tom Hardy, John Hurt e Mark Strong é dificil escolher. O tempo de cena de cada um não é muito mas cada momento em que os seus egos desfilam cuidadosamente sobre o tapete narrativo o filme cresce e transforma-se em algo verdadeiramente interessante. Colin Firth, um caso a parte, traz esse glamour da Londres pré-anos 60 num registo tipicamente seu, um actor que começou em adaptações austenianas e que encontrou em Hollywood o respaldo a um estilo de interpretação que só encontra paralelo na velha guarda. E depois há Gary Oldman, quase razão suficiente para ver e rever qualquer filme. A forma como se transforma este perito no over-acting em George Smiley, a mais silenciosa das personagens literárias britânicas, é o verdadeiro tour de force da obra, o verdadeiro atractivo de um filme que se centra no rosto calado de Smiley, num jogo que se disputa na sua cabeça do primeiro ao último frame.

 

Tinker, Taylor, Soldier, Spy honra a tradição do cinema de espionagem britânicos mas fica demasiado preso à sua origem literária para explorar toda a profundidade dramática que a obra pedia. O elenco escolhido a dedo, a nata da interpretação inglesa, salva as expectativas com um registo impecável que permite um visionamento relaxado que no entanto nunca consegue transformar-se em genuino entusiasmo.

 

Classificação

 

RealizadorThomas Alfredson

ElencoGary Oldman, Colin Firth, Tom Hardy

Classificaçãom/12

Categorias:

Autor Miguel Lourenço Pereira às 18:47
Link do texto | Comentar | favorito

.O Autor

Miguel Lourenço Pereira

.Fundamental.

EnfoKada

.Janeiro 2013

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

13
14
15
16
17
18
19

20
21
22
23
24
25
26

27
28
29
30
31


.Ultimas Reviews

Midnight in Paris -
The Ides of March -
A Dangerous Method -
Tinker Taylor Soldier Spy -
Drive -

.Classificação

Excelente-
Muito Bom-
Bom -
Aceitável-
Evitar-

.Pesquisa

 

.Ultimas Actualizações

. Por uma definição justa d...

. Oscarwatch - Melhor Filme...

. Oscarwatch - Melhor Argum...

. Oscarwatch - Melhor Actor...

. Oscarwatch - Melhor Actri...

.Do Autor

Em Jogo

.Categorias

. biografias

. cinema

. corpos...

. estreias

. festivais

. historia opinião

. mitos

. noticias

. obituario

. opinião

. oscares

. oscarwatch 2008

. oscarwatch 2009

. oscarwatch 2010

. oscarwatch 2011

. premios

. reviews

. rostos

. that´s the movies

. trailers

. todas as tags

.Blogs

35mm
7CineArt
A Gente Não Vê
A Última Sessão
Action Screen
Alternative Prision
Ante-Cinema
Antestreia
A Última Sessão
Avesso dos Ponteiros
Bela Lugosi is Dead
Blockbusters
Cantinho das Artes
Cine31
CineBlog
CineLover
CinemeuBlog
CineObservador
CineRoad
CineLotado
Cinema is My Life
Cinema Notebook
Cinema´s Challenge
Cinema Xunga
Cinematograficamente Falando
CinePT
Close Up
Cria o teu Avatar
Depois do Cinema
Dial P for Popcorn
Ecos Imprevistos
Estúpido Maestro
Febre 7 Arte
Final Cut
Grandes Planos
Gonn1000
Grand Temple
High Fidelity
In a Lonely Place
Jerry Hall Father
Keyser Soze´s Place
Maus da Fita
Movie Wagon
Mullolhand CineLog
My One Thousand Movies
My SenSeS
Noite Ameriana
Ordet
O Homem que Sabia Demasiado
O Sétimo Continente
Os Filmes da Gema
Pixel Hunt
Pocket Cinema
Portal do Cinema
Royale With Cheese
Split Screen
The Extraordinary Life of Steed
Um dia Fui ao Cinema
Voice Cinema



.Sites

c7nema
CineCartaz
Cine Estação
Cinema2000
Cinema-PT Gate
DVD Mania
DvD.pt
Em Cena
Lotação Esgotada
Cine História
Cinemateca Lisboa
Eu sou Cinéfilo
Portal Cinema

American Film Institute
British Film Institute
Cahiers du Cinema
Cinémathèque Francaise
Directors Guild of America
Internet Movie Database
Motion Picture Association
Screen Actors Guild
Screen Writers Guild
Sight and Sound
Telerama

Box Office Mojo
Coming Soon
Dark Horizons
Hollywood Reporter
JoBlo
Latino Review
Movie Poster

Premiere
Rope of Silicone
Rotten Tomatoes
Slash Film

Sun Times Chicago

Variety

.Premios e Festivais

Cesares
European Film Awards

Golden Globes
Goya

Oscares

Animation Film Fest
European Film Festival
Festival de Berlim
Festival de Cannes
Festival de S. Sebastian
Festival de Sundance
Festival de Veneza
Roma Film Festival
São Paulo Film Fest
Sitges Film Festival
Toronto Film Festival

Algarve Film Festival
Ao Norte!
Avanca
Black and White
Caminhos
Cinamina
Corta!
Curtas Vila do Conde
DOCLisboa
Fantasporto
FamaFest

Festroia

FIKE
Funchal Film Fest
Imago
Indie Lisboa
Ovar Video

.Oscarwatchers

And the Winner is...
Awards Daily
In Contention
Golden Derby
MCN Weeks
The Envelop
The Carpetbagger
Thompson on Hollywood

.Arquivos

. Janeiro 2013

. Fevereiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

.subscrever feeds