Quinta-feira, 8 de Janeiro de 2009

Adieu Bénard!

Depois de 28 anos João Bénard da Costa diz adeus à Cinemateca.

A notícia, divulgada na imprensa de hoje, teria inevitavelmente de suceder. Aliás, já devia ter sido dada há quatro anos, quando o director chegou ao limite de idade legal para poder manter-se em funções naquela que é, supostamente, a casa nacional do cinema. Mas não o foi na época pelas pressões que a “inteligentsia” do meio automaticamente lançou sobre a ministra da Cultura de então. Foi hoje, segundo consta, por motivos de saúde.

 

Em primeiro lugar é preciso ressalvar que Bénard da Costa é um grandíssimo cinéfilo. Indiscutivelmente, é um dos maiores especialistas de cinema vivos em Portugal. Uma formação abrangente e clássica, um olhar crítico e uma paixão inquestionáveis, sempre foram a sua principal imagem de marca. Os seus escritos nas sinopses dos filmes que programava eram o deleite para os espectadores. Os livros que publicou, uma leitura obrigatória para qualquer cinéfilo. E as suas participações nas fabulosas colecções (especialmente de cineastas) criadas pela Cinemateca, marcos da escrita sobre cinema em Portugal.

Ou seja, que se fosse apenas e só pelo apartado cinéfilo, o Cinema subscrevia qualquer moção que o eternizasse no posto que desempenho desde 1991, depois de ter passado onze anos como sub-director. Vistas as coisas, desde 1980 Bénard da Costa é praticamente o sinónimo, em Portugal e no Mundo, da Cinemateca. E é aí que começa a raiz do problema, um problema gordo que necessita uma solução urgente. E que pode aproveitar esta conjuntura para dar os passos necessários face a uma verdadeira (e necessária, repito) democratização do cinema em Portugal.

 

Ao longo destes últimos 28 anos Bénard da Costa programou alguns dos melhores ciclos vistos na Cinemateca. Ajudou a remodelar e a dar o nível que merecia ao centro com o maior espólio cinematográfico do país. Mas o pensador, crítico e cinéfilo cometeu o pecado capital que parece ser imagem de marca de qualquer representante de um alto cargo nacional: transformou um centro português num centro exclusivamente lisboeta.

É impossível hoje falar da Cinemateca e juntar-lhe em seguida “Nacional”. Um mínimo de honestidade intelectual, por favor. A Cinemateca é tudo menos nacional. Está programada, concebida e publicitada para o público da grande Lisboa, que é, efectivamente, aquele que acude às sessões em Barata Salgueiro. Não houve, nunca, neste consulado eterno, o mínimo interesse em levar o cinema ao país. Nem com a criação de pólos, nem de ciclos itinerários. Nada, absolutamente nada. Para os cinéfilos do resto deste pequeno país, sobravam os poucos cine-clubes que ainda sobrevivem e algum que outro cinema mais independente, capaz de arriscar projecções de clássicos que hoje parece que só se podem ver em DVD.

 

Há cerca de tres anos começou a insistir-se (e tarde, como sempre) na criação de um pólo da Cinemateca “Nacional” no Porto. A segunda cidade do país (ao contrário do que acontece, um pouco por toda a Europa) limitava-se a breves e pontuais exibições de clássicos em espaços como a Casa das Artes (entretanto desactivada), no cinema Passos Manuel ou no Cine-Teatro Campo Alegre. Mas tudo sem qualquer ajuda da instituição paga com o dinheiro de todos os contribuintes. E não só dos da capital.

Resulta que polémica após polémica, lá veio o novo ministro anunciar a criação de um centro da Cinemateca (que não um pólo), na Invicta, lá para 2009 (não se sabe nem quando, nem onde), com a parceria da Câmara e da Fundação de Serralves. Desses lados há vontade, mas não se sabe, nem se diz nada mais. E tudo continua em banho-maria. Promessas, e ainda por mais em ano eleitoral, não deixam de ser promessas. E nesta área já foram tantas, que já nem há dedos para contar.

 

E tudo isto porque, ao largo destas quase três décadas, este grande cinéfilo que foi um óptimo director local e um péssimo gestor nacional (afinal o cargo é nacional, não?), sempre se empenhou em manter a sua colecção quase como um feudo particular, para os “amigos”. E o país que visse o cinema em casa, depois de comprar o respectivo DVD. Ora resulta que a democracia quando vem, deve vir para tudo e para todos. Até para o tão abandonado mundo do cinema. E o cinéfilo do Porto (e de Braga, e de Coimbra, e de Aveiro, e de Faro, …) tem tanto direito como qualquer outro a poder ter, na sua cidade, ciclos de cinema clássico comprado e mantido com o seu dinheiro. Não quer isto dizer que se espalhe o espólio pelo país, não é preciso chegar a extremos. Mas que exista a boa vontade e o interesse de levar aos quatro cantos deste Portugal o que de melhor se viu na história do cinema mundial.

 

É por isso que a Cinemateca se chama Nacional. É por isso que urge uma revolução rápida na estrutura deste centro (Pedro Mexia, o número dois de Bénard da Costa nos últimos anos, é a solução interina anunciada mas não é, de todo, a solução necessária). E é por isso, e acima de todas as coisas, que qualquer amante do cinema nacional, por muito respeito que tenha ao crítico e cinéfilo, pode hoje regozijar.

 

Por uma vez, a noticia é boa. Por uma vez (finalmente) poderemos dizer, “Adieu Bénard!”.

 

Miguel Lourenço Pereira

Categorias:

Autor Miguel Lourenço Pereira às 10:55
Link do texto | Comentar | favorito

.O Autor

Miguel Lourenço Pereira

.Fundamental.

EnfoKada

.Janeiro 2013

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

13
14
15
16
17
18
19

20
21
22
23
24
25
26

27
28
29
30
31


.Ultimas Reviews

Midnight in Paris -
The Ides of March -
A Dangerous Method -
Tinker Taylor Soldier Spy -
Drive -

.Classificação

Excelente-
Muito Bom-
Bom -
Aceitável-
Evitar-

.Pesquisa

 

.Ultimas Actualizações

. Por uma definição justa d...

. Oscarwatch - Melhor Filme...

. Oscarwatch - Melhor Argum...

. Oscarwatch - Melhor Actor...

. Oscarwatch - Melhor Actri...

.Do Autor

Em Jogo

.Categorias

. biografias

. cinema

. corpos...

. estreias

. festivais

. historia opinião

. mitos

. noticias

. obituario

. opinião

. oscares

. oscarwatch 2008

. oscarwatch 2009

. oscarwatch 2010

. oscarwatch 2011

. premios

. reviews

. rostos

. that´s the movies

. trailers

. todas as tags

.Blogs

35mm
7CineArt
A Gente Não Vê
A Última Sessão
Action Screen
Alternative Prision
Ante-Cinema
Antestreia
A Última Sessão
Avesso dos Ponteiros
Bela Lugosi is Dead
Blockbusters
Cantinho das Artes
Cine31
CineBlog
CineLover
CinemeuBlog
CineObservador
CineRoad
CineLotado
Cinema is My Life
Cinema Notebook
Cinema´s Challenge
Cinema Xunga
Cinematograficamente Falando
CinePT
Close Up
Cria o teu Avatar
Depois do Cinema
Dial P for Popcorn
Ecos Imprevistos
Estúpido Maestro
Febre 7 Arte
Final Cut
Grandes Planos
Gonn1000
Grand Temple
High Fidelity
In a Lonely Place
Jerry Hall Father
Keyser Soze´s Place
Maus da Fita
Movie Wagon
Mullolhand CineLog
My One Thousand Movies
My SenSeS
Noite Ameriana
Ordet
O Homem que Sabia Demasiado
O Sétimo Continente
Os Filmes da Gema
Pixel Hunt
Pocket Cinema
Portal do Cinema
Royale With Cheese
Split Screen
The Extraordinary Life of Steed
Um dia Fui ao Cinema
Voice Cinema



.Sites

c7nema
CineCartaz
Cine Estação
Cinema2000
Cinema-PT Gate
DVD Mania
DvD.pt
Em Cena
Lotação Esgotada
Cine História
Cinemateca Lisboa
Eu sou Cinéfilo
Portal Cinema

American Film Institute
British Film Institute
Cahiers du Cinema
Cinémathèque Francaise
Directors Guild of America
Internet Movie Database
Motion Picture Association
Screen Actors Guild
Screen Writers Guild
Sight and Sound
Telerama

Box Office Mojo
Coming Soon
Dark Horizons
Hollywood Reporter
JoBlo
Latino Review
Movie Poster

Premiere
Rope of Silicone
Rotten Tomatoes
Slash Film

Sun Times Chicago

Variety

.Premios e Festivais

Cesares
European Film Awards

Golden Globes
Goya

Oscares

Animation Film Fest
European Film Festival
Festival de Berlim
Festival de Cannes
Festival de S. Sebastian
Festival de Sundance
Festival de Veneza
Roma Film Festival
São Paulo Film Fest
Sitges Film Festival
Toronto Film Festival

Algarve Film Festival
Ao Norte!
Avanca
Black and White
Caminhos
Cinamina
Corta!
Curtas Vila do Conde
DOCLisboa
Fantasporto
FamaFest

Festroia

FIKE
Funchal Film Fest
Imago
Indie Lisboa
Ovar Video

.Oscarwatchers

And the Winner is...
Awards Daily
In Contention
Golden Derby
MCN Weeks
The Envelop
The Carpetbagger
Thompson on Hollywood

.Arquivos

. Janeiro 2013

. Fevereiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

.subscrever feeds