Segunda-feira, 9 de Março de 2009

The Reader - Páginas vazias

The Reader não é um filme sobre o vazio. Mas é um filme vazio.

De sentimentos. De emoção. De dúvidas ou de certezas. Não há absolutamente nada a que o espectador se possa agarrar para seguir esta história de culpa (ou falta dela) e redenção.
 
Kate Winslet com um exagerado sotaque germânico entra pelo quarto. Umas palavras rudes e secas e um olhar ameaçador. Essa aspereza no trato será uma constante ao longo da narrativa. Mas é também uma aspereza de sentimentos. Naquele momento ela olha pelo espelho e nota que a observam. Fica com essa imagem na retina. E não a esquece. The Reader resume-se a esse simples plano. Um jovem adolescente e uma mulher a entrar na casa dos trinta trocam olhares comprometidos mas contidos. O inevitável é adiado até não poder mais…até chegar a hora certa. E agora quem olha é o rapaz. Para trás, tremendo, sem suspeitar o que o espera, meses depois, o corpo nu que antes ansiou. E ponto final parágrafo. Ou seja, Stephen Daldry teria assinado uma interessante curta-metragem sobre o desejo (proibido) se se tivesse ficado por aqui. Mas não. Quis misturar sentimentos onde não os havia e, hellas, meter esta salada no meio do Holocausto. Não se limitou a dar um tiro no pé. Explodiu as duas pernas directamente.
 
A falta de alma nesta história é assutadora. Os personagens não despertam reacções. Nem compaixão, nem pena, nem dó, nem empatia, nem interesse…nada de nada. De um lado uma mulher analfabeta que deita em cima desta chaga toda a culpa do Mundo. Quer fazer crer que a sua participação no extermínio de judeus se deve, pura e simplesmente, à sua pobreza de espírito. Por outro um jovem apaixonado que se transforma num adulto atormentado, incapaz de se decidir entre o coração e a vergonha que tem por este episódio oculto do seu passado. E no meio a questão central que é abordada de forma tímida e imatura. Se Daldry quisesse ter feito um filme sobre a culpa, ou a falta dela, poderia ter colocado a acção em qualquer outro espaço que, certamente, teria tido mais sucesso. Ao envolver a complexa problemática – levantada habilmente pelo sempre genial Bruno Ganz – da ética da justiça, o filme envereda por uma série de cruzamentos onde parece falhar constantemente a saída.
 
Feitas as contas, The Reader cai na banalidade muito cedo e custa-lhe tanto desprender-se dela que opta pela direcção mais fácil. O caminho para a reconversão final, a expiação (mutua) da culpa e a absolvição definitiva, dele e dela por parte dos seus fantasmas, as vitimas e a família, faz com que aqueles que criticam o universo de fábula de Slumdog Millionaire fiquem de mãos atadas face a este optimismo exagerado da obra de um autor que gosta de se ver como um dos novos cineastas criativos da última geração. Nem tanto ao mar nem tanto à terra, mas a verdade é que o filme ficará para a posteridade (e no fundo é isso mesmo que conta) como aquele projecto que valeu a Kate Winslet (que prova aqui que até os grandes actores são incapazes de fazer bons, filmes assumidamente fracos) o tal Óscar que tanto ansiava. E como em muitos outros casos tornar-se-á imortal pelas razões erradas. Da mesma forma que fica aqui uma vez mais patente que um grande livro não tem nunca por se tornar num bom filme. Por muito que haja gente que teime em pensar o contrário. O resultado está à vista!
 
Classificação
 
Realizador – Stephen Daldry
Elenco – Kate Winslett, David Kross, Ralph Fiennes
Classificação – m/16
Productora – Weinstein Corp.
Categorias:

Autor Miguel Lourenço Pereira às 18:25
Link do texto | Comentar | favorito
2 comentários:
De Tiago Ramos a 9 de Março de 2009 às 19:37
Apesar de ter gostado do filme, também não o achei nada de especial e confesso que foi uma desilusão. Revolutionary Road bateria este aos pontos nos Óscares.

The Reader era um dos oscarizáveis mais fracos... Inclusive a prestação da Kate Winslet, como Hannah Schmitz.


De Miguel Lourenço Pereira a 10 de Março de 2009 às 14:21
Efectivamente The Reader é verdadeiramente uma grande desilusão porque tinha matéria prima suficiente para ir muito mais longe.

A Kate Winslet, que é uma actriz fabulosa, tem aqui provavelmente um dos seus piores desempenhos da última década e é paradoxal (ou talvez nao) que tenha conseguido aqui o Óscar.

O filme era claramente o eixo mais fraco dos cinco (apesar de todo o buzz final) e a par de Frost/Nixon e Milk estava completamente deslocado na cerimónia dos Óscares. E certamente que será um filme que não ficará para a posteridade.

Cumprimentos


Comentar post

.O Autor

Miguel Lourenço Pereira

.Fundamental.

EnfoKada

.Janeiro 2013

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

13
14
15
16
17
18
19

20
21
22
23
24
25
26

27
28
29
30
31


.Ultimas Reviews

Midnight in Paris -
The Ides of March -
A Dangerous Method -
Tinker Taylor Soldier Spy -
Drive -

.Classificação

Excelente-
Muito Bom-
Bom -
Aceitável-
Evitar-

.Pesquisa

 

.Ultimas Actualizações

. Por uma definição justa d...

. Oscarwatch - Melhor Filme...

. Oscarwatch - Melhor Argum...

. Oscarwatch - Melhor Actor...

. Oscarwatch - Melhor Actri...

.Do Autor

Em Jogo

.Categorias

. biografias

. cinema

. corpos...

. estreias

. festivais

. historia opinião

. mitos

. noticias

. obituario

. opinião

. oscares

. oscarwatch 2008

. oscarwatch 2009

. oscarwatch 2010

. oscarwatch 2011

. premios

. reviews

. rostos

. that´s the movies

. trailers

. todas as tags

.Blogs

35mm
7CineArt
A Gente Não Vê
A Última Sessão
Action Screen
Alternative Prision
Ante-Cinema
Antestreia
A Última Sessão
Avesso dos Ponteiros
Bela Lugosi is Dead
Blockbusters
Cantinho das Artes
Cine31
CineBlog
CineLover
CinemeuBlog
CineObservador
CineRoad
CineLotado
Cinema is My Life
Cinema Notebook
Cinema´s Challenge
Cinema Xunga
Cinematograficamente Falando
CinePT
Close Up
Cria o teu Avatar
Depois do Cinema
Dial P for Popcorn
Ecos Imprevistos
Estúpido Maestro
Febre 7 Arte
Final Cut
Grandes Planos
Gonn1000
Grand Temple
High Fidelity
In a Lonely Place
Jerry Hall Father
Keyser Soze´s Place
Maus da Fita
Movie Wagon
Mullolhand CineLog
My One Thousand Movies
My SenSeS
Noite Ameriana
Ordet
O Homem que Sabia Demasiado
O Sétimo Continente
Os Filmes da Gema
Pixel Hunt
Pocket Cinema
Portal do Cinema
Royale With Cheese
Split Screen
The Extraordinary Life of Steed
Um dia Fui ao Cinema
Voice Cinema



.Sites

c7nema
CineCartaz
Cine Estação
Cinema2000
Cinema-PT Gate
DVD Mania
DvD.pt
Em Cena
Lotação Esgotada
Cine História
Cinemateca Lisboa
Eu sou Cinéfilo
Portal Cinema

American Film Institute
British Film Institute
Cahiers du Cinema
Cinémathèque Francaise
Directors Guild of America
Internet Movie Database
Motion Picture Association
Screen Actors Guild
Screen Writers Guild
Sight and Sound
Telerama

Box Office Mojo
Coming Soon
Dark Horizons
Hollywood Reporter
JoBlo
Latino Review
Movie Poster

Premiere
Rope of Silicone
Rotten Tomatoes
Slash Film

Sun Times Chicago

Variety

.Premios e Festivais

Cesares
European Film Awards

Golden Globes
Goya

Oscares

Animation Film Fest
European Film Festival
Festival de Berlim
Festival de Cannes
Festival de S. Sebastian
Festival de Sundance
Festival de Veneza
Roma Film Festival
São Paulo Film Fest
Sitges Film Festival
Toronto Film Festival

Algarve Film Festival
Ao Norte!
Avanca
Black and White
Caminhos
Cinamina
Corta!
Curtas Vila do Conde
DOCLisboa
Fantasporto
FamaFest

Festroia

FIKE
Funchal Film Fest
Imago
Indie Lisboa
Ovar Video

.Oscarwatchers

And the Winner is...
Awards Daily
In Contention
Golden Derby
MCN Weeks
The Envelop
The Carpetbagger
Thompson on Hollywood

.Arquivos

. Janeiro 2013

. Fevereiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

.subscrever feeds