Quinta-feira, 12 de Março de 2009

A Santíssima Trindade I

É habitual, no mundo artístico, encontrar, nas grandes correntes ou movimentos cinematográficos (e não só), um nome capaz de destacar sobre os demais, mesmo que por detrás tenham existido nomes igualmente fascinantes. Como os westerns de Ford ou os filmes de suspense de Hitchock. De tempos a tempos nascem também duplas inesquecíveis que marcam uma era como os Truffaut-Goddard da Nouvelle Vague ou os Spielberg-Lucas da era que inventou os blockbusters.

 

Mas é raro, extremamente raro, encontrar um trio de ases indissociável que consiga resumir tão bem um movimento entre as suas diferenças e semelhanças. Encontrar uma corrente que esteja tão bem espelhada na obra de três autores é processo complicado, quase impossível. Mas possível. E inevitável também quando se fala de um dos movimentos mais marcantes e impactantes da história da 7 Arte: o cinema soviético dos anos 20.
 
Nos compêndios básicos de história o leitor mais desatento apenas fixará o nome de Sergei Eisenstein como o representante máximo desta corrente. Folheando algo mais sério, é inevitável que surja o nome de Dziga Vertov. Mas esta santíssima trindade só fica realmente completa se se acrescenta o nome de Vsevolod Pudovkine.
 
É curioso porque não poderíamos encontrar três carreiras tão distintas e sui generis como as destes três cineastas. Mas, cada um à sua maneira, souberam sacar para o ecrã o que de melhor trouxe o cinema soviético revolucionário. Mais do que lançar as bases do cinema de montagem, que se tornaria na cartilha de qualquer cineasta posterior, esta escola soube como incutir num mesmo plano, sem criar um paradoxo visual, uma dimensão épica e ao mesmo tempo intimista. A sucessão constante de planos tanto servia para mostrar a grandeza da revolução como o drama de uma camponesa num espaço de breves segundos, sem que uma imagem anula-se a outra. Se Eisenstein foi, deste trio, o que mais longe conseguiu levar esta ideia da montagem como a pedra angular da nova linguagem cinematográfica – que permitira alcançar as últimas grandes obras-primas do mudo e as primeiras do sonoro – a verdade é que do “olho” de Vertov sairão os primeiros manifestos do realismo cinematográfico. E de Pudovkine – injustamente o menos famoso de todos eles – conseguimos encontrar a dimensão humana do trabalho da sua habitual troupe de actores, que provaram sempre que o cinema da revolução é do colectivo, mas também do indivíduo.

 

A base de toda esta corrente, herdeira directa da revolução comunista, foi a própria dimensão propagandística do partido. Num país com milhares de quilómetros de uma ponta à outra, os revolucionários descobriram no cinema um dos mais eficazes meios de propaganda e durante a Guerra Civil que se seguiu ao golpe revolucionário especializaram-se em enviar equipas de cineastas e editores (habitualmente uma pessoa cumpria ambas as funções) pelos quatro cantos do antigo império para filmar a realidade comunista e a mostrar ao operariado (ironicamente composto na maioria por camponeses rurais) a verdade da revolução. Esses filmes tinham esse carácter de documentário propagandístico que pode ser considerado como a inspiração imediata do “kino-pravda” de Vertov, que, como seria de esperar, era um destes embaixadores da revolução. É nestas viagens que o jovem cineasta começa a ganhar o gosto pelo retrato do real, desse olho que mais do que o mundo ficcionado procura o mundo urbano do dia a dia. O mundo que mais tarde seria o pano de fundo da sua obra máxima, Cheloveks Kino-Apparat (O Homem da Camara de Filmar).
 

 

continua...


Autor Miguel Lourenço Pereira às 14:36
Link do texto | Comentar | favorito

.O Autor

Miguel Lourenço Pereira

.Fundamental.

EnfoKada

.Janeiro 2013

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

13
14
15
16
17
18
19

20
21
22
23
24
25
26

27
28
29
30
31


.Ultimas Reviews

Midnight in Paris -
The Ides of March -
A Dangerous Method -
Tinker Taylor Soldier Spy -
Drive -

.Classificação

Excelente-
Muito Bom-
Bom -
Aceitável-
Evitar-

.Pesquisa

 

.Ultimas Actualizações

. Por uma definição justa d...

. Oscarwatch - Melhor Filme...

. Oscarwatch - Melhor Argum...

. Oscarwatch - Melhor Actor...

. Oscarwatch - Melhor Actri...

.Do Autor

Em Jogo

.Categorias

. biografias

. cinema

. corpos...

. estreias

. festivais

. historia opinião

. mitos

. noticias

. obituario

. opinião

. oscares

. oscarwatch 2008

. oscarwatch 2009

. oscarwatch 2010

. oscarwatch 2011

. premios

. reviews

. rostos

. that´s the movies

. trailers

. todas as tags

.Blogs

35mm
7CineArt
A Gente Não Vê
A Última Sessão
Action Screen
Alternative Prision
Ante-Cinema
Antestreia
A Última Sessão
Avesso dos Ponteiros
Bela Lugosi is Dead
Blockbusters
Cantinho das Artes
Cine31
CineBlog
CineLover
CinemeuBlog
CineObservador
CineRoad
CineLotado
Cinema is My Life
Cinema Notebook
Cinema´s Challenge
Cinema Xunga
Cinematograficamente Falando
CinePT
Close Up
Cria o teu Avatar
Depois do Cinema
Dial P for Popcorn
Ecos Imprevistos
Estúpido Maestro
Febre 7 Arte
Final Cut
Grandes Planos
Gonn1000
Grand Temple
High Fidelity
In a Lonely Place
Jerry Hall Father
Keyser Soze´s Place
Maus da Fita
Movie Wagon
Mullolhand CineLog
My One Thousand Movies
My SenSeS
Noite Ameriana
Ordet
O Homem que Sabia Demasiado
O Sétimo Continente
Os Filmes da Gema
Pixel Hunt
Pocket Cinema
Portal do Cinema
Royale With Cheese
Split Screen
The Extraordinary Life of Steed
Um dia Fui ao Cinema
Voice Cinema



.Sites

c7nema
CineCartaz
Cine Estação
Cinema2000
Cinema-PT Gate
DVD Mania
DvD.pt
Em Cena
Lotação Esgotada
Cine História
Cinemateca Lisboa
Eu sou Cinéfilo
Portal Cinema

American Film Institute
British Film Institute
Cahiers du Cinema
Cinémathèque Francaise
Directors Guild of America
Internet Movie Database
Motion Picture Association
Screen Actors Guild
Screen Writers Guild
Sight and Sound
Telerama

Box Office Mojo
Coming Soon
Dark Horizons
Hollywood Reporter
JoBlo
Latino Review
Movie Poster

Premiere
Rope of Silicone
Rotten Tomatoes
Slash Film

Sun Times Chicago

Variety

.Premios e Festivais

Cesares
European Film Awards

Golden Globes
Goya

Oscares

Animation Film Fest
European Film Festival
Festival de Berlim
Festival de Cannes
Festival de S. Sebastian
Festival de Sundance
Festival de Veneza
Roma Film Festival
São Paulo Film Fest
Sitges Film Festival
Toronto Film Festival

Algarve Film Festival
Ao Norte!
Avanca
Black and White
Caminhos
Cinamina
Corta!
Curtas Vila do Conde
DOCLisboa
Fantasporto
FamaFest

Festroia

FIKE
Funchal Film Fest
Imago
Indie Lisboa
Ovar Video

.Oscarwatchers

And the Winner is...
Awards Daily
In Contention
Golden Derby
MCN Weeks
The Envelop
The Carpetbagger
Thompson on Hollywood

.Arquivos

. Janeiro 2013

. Fevereiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

.subscrever feeds