Quinta-feira, 7 de Maio de 2009

The Internacional - Sem crédito

Sem coragem não se vai a lado nenhum. Sem ter as ideias bem claras, também não. Um filme que quer ser muita coisa, acaba por valer pouco. Muito pouco. Não ter uma ideia definida é o primeiro passo para a desgraça. O passo que percorreu Tom Twyker nesta sua desgraçada aventura pelo thriller de espionagem. The Internacional é mais um exemplo perfeito de um projecto que poderia ter sido muito e que acabou por ser nada. Tentou ser thriller e falhou rotundamente, tentando emular o exemplo da trilogia de James Bourne. Mas a obra de Greengrass é o exemplo perfeito de uma estrutura perfeita delineada. Tentou ser o filme de suspense que já foi no passado The Three Days of the Condor. Mas o talento subtil de Sidney Pollack é único e a relação de expectativa em The Internacional nunca é verdadeiramente real. Não fica nenhum fio para o espectador agarrar e acompanhar até ao final, uma linha de raciocínio. Desde o primeiro momento que temos bem claro toda a trama. As pistas estão lá, a olho nu. Conhecemos o rosto do vilão, o motivo, o anti-heroi de serviço e a dama, que nunca chega a estar em apuros e que só acaba por aparecer em cena porque, num filme tão masculino, faz falta algum rosto como o de Naomi Watts. Só para contrastar.

 
Toda a trama gira à volta de um banco. O exemplo perfeito de todos os males de hoje, digamos claramente. Este banco em concreto é, a súmula de todo o mal. Patrocina golpes de estado, assassinatos políticos, mortes encobertas, transacções ilegais. Um historial que só um agente, ex-da Scotland Yard e agora a trabalhar para a Interpol, é capaz de descortinar numa imensa conspiração à escala global. O filme segue portanto esse agente na sua busca pela verdade. Até que chega à encruzilhada moral. Quando a justiça impede a busca da verdade, há que saltar as normas? O filme não tem a coragem necessária de sujar as mãos – num dos finais mais alucinantes de que nos poderíamos lembrar, muito similar ao anterior filme de Twyker – e isso é mais uma prova da incoerência constante. As personagens vão e vem à medida que a trama necessita delas, mas nunca deixam uma autêntica marca. Não se cria identificação mas nem há tempo para a rejeição. São como pequenos hologramas no meio de uma gigantesca farsa. Apesar dos lugares icónicos onde a acção se desenrola, o show off é sempre maior que a substancia. E se se notam alguns traços de realizador – especialmente no jogo de espaços – a verdade é que parece que este produto de conceituado jovem actor da nova vaga europeia parece feito por um qualquer elemento da engrenagem invisível de Hollywood.
 
Clive Owen é, aqui, um caso aparte. Não está mal ao largo do filme. É convincente e esforçado. O seu problema é outro, bem distinto. Desde que surgiu em Closer, o actor britânico provou que é um dos grandes valores da actualidade. Mas a série de papeis que foi fazendo até hoje – e já passou meia década – resume-se sempre ao mesmo. O anti-heroi, rápido, ágil e capaz de chegar até ao fim para fazer justiça. Repete-se constantemente e é praticamente impossível hoje ver Owen no ecrã e adivinhar o filme onde está. Ele é sempre igual. Que um actor deste calibre seja metido num papel específico é um crime. Algo está errado. Ou o próprio não consegue mostrar serviço noutra área ou as produtoras decidiram ficar com o “não-elegido” dos dois candidatos a Bond, e vão coloca-lo a fazer todos os papeis possíveis e imaginários que entrem no mesmo espectro que 007. Uma perda imensa para o cinema mas que é também resultado da falta de ideias de que vive a 7 Arte actualmente. E da qual nem o promissor Twycker escapa.
 
Classificação
 
Realizador Tom Twycker
ElencoClive Owen, Naomi Watts, Armin Muelher-Stall
Productora Universal
Classificaçãom/13
Categorias:

Autor Miguel Lourenço Pereira às 20:36
Link do texto | Comentar | favorito

.O Autor

Miguel Lourenço Pereira

.Fundamental.

EnfoKada

.Janeiro 2013

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

13
14
15
16
17
18
19

20
21
22
23
24
25
26

27
28
29
30
31


.Ultimas Reviews

Midnight in Paris -
The Ides of March -
A Dangerous Method -
Tinker Taylor Soldier Spy -
Drive -

.Classificação

Excelente-
Muito Bom-
Bom -
Aceitável-
Evitar-

.Pesquisa

 

.Ultimas Actualizações

. Por uma definição justa d...

. Oscarwatch - Melhor Filme...

. Oscarwatch - Melhor Argum...

. Oscarwatch - Melhor Actor...

. Oscarwatch - Melhor Actri...

.Do Autor

Em Jogo

.Categorias

. biografias

. cinema

. corpos...

. estreias

. festivais

. historia opinião

. mitos

. noticias

. obituario

. opinião

. oscares

. oscarwatch 2008

. oscarwatch 2009

. oscarwatch 2010

. oscarwatch 2011

. premios

. reviews

. rostos

. that´s the movies

. trailers

. todas as tags

.Blogs

35mm
7CineArt
A Gente Não Vê
A Última Sessão
Action Screen
Alternative Prision
Ante-Cinema
Antestreia
A Última Sessão
Avesso dos Ponteiros
Bela Lugosi is Dead
Blockbusters
Cantinho das Artes
Cine31
CineBlog
CineLover
CinemeuBlog
CineObservador
CineRoad
CineLotado
Cinema is My Life
Cinema Notebook
Cinema´s Challenge
Cinema Xunga
Cinematograficamente Falando
CinePT
Close Up
Cria o teu Avatar
Depois do Cinema
Dial P for Popcorn
Ecos Imprevistos
Estúpido Maestro
Febre 7 Arte
Final Cut
Grandes Planos
Gonn1000
Grand Temple
High Fidelity
In a Lonely Place
Jerry Hall Father
Keyser Soze´s Place
Maus da Fita
Movie Wagon
Mullolhand CineLog
My One Thousand Movies
My SenSeS
Noite Ameriana
Ordet
O Homem que Sabia Demasiado
O Sétimo Continente
Os Filmes da Gema
Pixel Hunt
Pocket Cinema
Portal do Cinema
Royale With Cheese
Split Screen
The Extraordinary Life of Steed
Um dia Fui ao Cinema
Voice Cinema



.Sites

c7nema
CineCartaz
Cine Estação
Cinema2000
Cinema-PT Gate
DVD Mania
DvD.pt
Em Cena
Lotação Esgotada
Cine História
Cinemateca Lisboa
Eu sou Cinéfilo
Portal Cinema

American Film Institute
British Film Institute
Cahiers du Cinema
Cinémathèque Francaise
Directors Guild of America
Internet Movie Database
Motion Picture Association
Screen Actors Guild
Screen Writers Guild
Sight and Sound
Telerama

Box Office Mojo
Coming Soon
Dark Horizons
Hollywood Reporter
JoBlo
Latino Review
Movie Poster

Premiere
Rope of Silicone
Rotten Tomatoes
Slash Film

Sun Times Chicago

Variety

.Premios e Festivais

Cesares
European Film Awards

Golden Globes
Goya

Oscares

Animation Film Fest
European Film Festival
Festival de Berlim
Festival de Cannes
Festival de S. Sebastian
Festival de Sundance
Festival de Veneza
Roma Film Festival
São Paulo Film Fest
Sitges Film Festival
Toronto Film Festival

Algarve Film Festival
Ao Norte!
Avanca
Black and White
Caminhos
Cinamina
Corta!
Curtas Vila do Conde
DOCLisboa
Fantasporto
FamaFest

Festroia

FIKE
Funchal Film Fest
Imago
Indie Lisboa
Ovar Video

.Oscarwatchers

And the Winner is...
Awards Daily
In Contention
Golden Derby
MCN Weeks
The Envelop
The Carpetbagger
Thompson on Hollywood

.Arquivos

. Janeiro 2013

. Fevereiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

.subscrever feeds